O que é a Tecnologia 8K que está dominando o mercado?

Por Pedro Valery | 12 de Abril de 2021 às 20h30
(Imagem: Divulgação/LG)

A televisão é um item praticamente obrigatório no lar dos brasileiros e, ao longo dos últimos anos, ela vem passando por consideráveis avanços tecnológicos, oferecendo cada vez mais recursos que facilitam a vida do consumidor. Conforme a tecnologia aumenta, o consumidor também fica mais exigente, querendo sentir todas as emoções das imagens dentro de sua casa.

Nesse contexto, o setor de TV’s vem oferecendo uma diversa gama de tecnologias no mercado – HD, Full HD, Super Ultra HD, OLED, NanoCell, 4K - sendo que uma das mais recentes evoluções foram os modelos 8K, que se refere a uma alta definição de imagem.

Para entendermos melhor, 8K e 4K são termos relacionados à quantidade de pixels que existem na tela de sua televisão. Quanto maior for o número de pixels, melhor a qualidade da imagem e para ter uma sensação de realidade com a tela com qualidade 8K, é importante separar e diferenciar cada pixel para o olho humano. As telas 4K possuem 3840 pixels horizontais por 2160 pixels verticais, apresentando uma resolução quatro vezes maior que as telas Full HD que são compostas por 1920 x 1080. Para se ter uma ideia, as 8K possuem 7680 pixels horizontais e 4320 verticais, tendo uma resolução de imagem quatro vezes maior que os displays 4K, oferecendo 33 milhões de pixels.

Além disso, é importante ressaltar que a tecnologia 8K vem sendo proporcionada através de uma crescente demanda por tamanho de televisores. Há 10 anos o que era normal possuir uma televisão de 30 polegadas em casa, atualmente o consumidor procura telas maiores, de 55 polegadas para cima, aumentando sua experiência audiovisual, e é nesse quesito que os benefícios do 8K são mais visíveis. Quanto maior a tela de uma televisão, mais pixels são necessários para criar detalhes visíveis. Para televisores com mais de 65 polegadas, a tecnologia 8K proporciona maiores detalhes na imagem e uma experiência visual mais imersiva.

Outro fator importante a ser considerado nos novos televisores 8K é a aplicação da inteligência artificial. Existe um investimento considerável para o desenvolvimento e aplicação de processadores cada vez mais evoluídos e a utilização do deep learning (aprendizado por dados), o que aumenta a possibilidades de conectividade com os televisores, integração com assistentes pessoais – Google Assistente e Alexa – e transforma a televisão em um controle central de sua casa.

A tendência é que o 8K ganhe ainda mais espaço no mercado de televisores nos próximos anos oferecendo uma qualidade de imagem muito superior. Os conteúdos audiovisuais adequados para essa resolução estão sendo criados em ritmo acelerado para dar conta do avanço tecnológico. Resta acompanhar, pegar sua pipoca e correr para a frente da telinha em busca de emoções e cores vibrantes.

*Artigo produzido por colunista com exclusividade ao Canaltech. O texto pode conter opiniões e análises que não necessariamente refletem a visão do Canaltech sobre o assunto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.