Nova linha de TVs premium da Sony tem preços a partir de US$ 7 mil

Por Redação | 20.07.2016 às 18:35
photo_camera Divulgação

A Sony anunciou uma nova linha de TVs, a série Z, que vai suceder a família X no topo do catálogo. Esses novos modelos serão os mais luxuosos da companhia japonesa, cuja régua é a qualidade da tela. Naturalmente, essas TVs contam com resolução 4K e tecnologia HDR, de high dynamic range, que se traduz em aumento dramático de contraste e cores mais impactantes, sem perder a naturalidade.

Para Mike Fasulo, presidente-executivo da Sony Electronics para os Estados Unidos, a companhia entende de 4K HDR como ninguém, já que a empresa se considera expert tanto no lado criativo como no técnico em termos de filmagem, edição, transmissão e de exibição nesse formato.

A série Z conta com a tecnologia Backlight Master Drive, uma tecnologia de retroiluminação que permite controlar a intensidade dos LEDs de forma individual, em vez de zonas, como são normalmente as TVs com "local dimming". Com isso, a tecnologia entregaria um nível de contraste e realismo "sem precedentes". O sistema usado é o Android TV.

Naturalmente, toda essa promessa de qualidade tem um preço. O modelo de 65 polegadas sai por US$ 7 mil, enquanto o de 75 polegadas chega aos US$ 10 mil. Já o modelo de 100 parece melhor nem perguntar, já que não foi anunciado. Nos Estados Unidos, os dispositivos já estão em pré-venda, com promessa de entrega para o final do verão por lá (ou seja, por volta de setembro). Por enquanto, a série Z ainda não foi anunciada para o mercado brasileiro.

Por falar em HDR, qual é o formato usado nas TVs? De acordo com a companhia, é o HDR10, que é o formato de HDR que a Sony (e também a Samsung) está apoiando, em detrimento ao Dolby Vision. Felizmente, os principais serviços de streaming de vídeos, como a Netflix e a Amazon, estão trabalhando com os dois sistemas.

Fonte: Sony