TV analógica só deixará de existir em 2018, segundo governo

Por Redação | 10 de Abril de 2013 às 18h21

O governo anunciou uma mudança nos planos de acabar com a TV analógica no Brasil, que antes estava previsto para 2015. Agora, o fim das operações desse tipo de transmissão deve acontecer apenas em 2018.

"Precisamos estimular que as pessoas comprem televisão digital, conversor digital. É evidente que nós não podemos desligar o analógico com as pessoas recebendo televisão antiga, não vai dar certo", justificou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, à Folha de S. Paulo.

Apesar da explicação do ministro, a decisão do governo soa estranha, já que há cerca de dois meses o próprio Paulo Bernardo havia anunciado a antecipação do fim da TV analógica em um ano, de 2016 para 2015. No final do ano passado, o governo federal falou inclusive sobre a criação de subsídios para que as famílias brasileiras adquiram televisores digitais e conversores, visando garantir que o sinal analógico fosse inutilizado dentro do período que havia sido estipulado.

Vale lembrar que essa questão não afeta apenas a TV em si, já que a faixa de transmissão de sinal analógico (700MHz) será leiloada para as operadoras de telecomunicações, que vão utilizar a frequência para expandir a rede 4G.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.