Netflix quer disponibilizar seu serviço em plataformas de TV a cabo

Por Redação | 14.10.2013 às 12:26

O Netflix está negociando com provedoras de TV a cabo nos Estados Unidos para tornar seu serviço de streaming de vídeo disponível como um aplicativo através de set-top boxes, de acordo com o Wall Street Journal.

Se o rumor for verdadeiro e se concretizar, pode marcar uma grande vitória para o Netflix, mostrando que o serviço cresceu tanto e ganhou tanta importância que não pode ser ignorado nem mesmo pelas operadoras de TV a cabo.

Na verdade, essa não seria a primeira vez que o Netflix alcança algo parecido. A empresa fechou há cerca de um mês um acordo com a operadora de TV a cabo Virgin Media, no Reino Unido. Por lá, os quase 4 milhões de clientes da Virgin Media já podem procurar por programas do Netflix no guia da TV assim como costumavam procurar por programas da grade de programação.

Se para o Netflix é um bom negócio poder levar seu serviço para os milhões de consumidores de TV a cabo, para as operadoras também parece uma boa ideia evitar que seus clientes abandonem o serviço para migrarem para o Netflix, que é hoje uma alternativa bem mais barata.

Com a nova negociação, o Netflix estaria disponível nos set-top boxes disponibilizados pelas operadoras, o que significa que os usuários não precisariam ter uma TV conectada à internet para acessar o streaming de vídeos, eliminando a necessidade de intermediários como o Chromecast, consoles de games como PlayStation e Xbox ou a Apple TV.

Contudo, há um potencial obstáculo na negociação. O Netflix exige que as operadoras usem a tecnologia Open Connect, que foi desenvolvida para melhorar a entrega do streaming de vídeo. Com essa tecnologia, o Netflix poderia conectar servidores especiais diretamente na rede das operadoras. Segundo o WSJ, no entanto, a Comcast, a Time Warner Cable, AT&T e a Verizon Communications recusaram o pedido do Netflix, temendo que isso abrisse uma brecha para que outros serviços online exigissem o mesmo tratamento.