Governo estuda desativar o sinal analógico já em 2015

Por Redação | 21.02.2013 às 12:09

O secretário de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, afirmou nesta quarta-feira (20) que o governo federal estuda antecipar a desativação do sinal analógico de televisão no país para 2015, antes previsto para 2016. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

"O decreto prevê junho de 2016. Propomos que a data vá para 2018 e que a gente comece a desligar o sinal analógico em 2015. A ideia é fazer de forma gradual, trabalhar em grandes centros primeiro", ressaltou Lins. Com o fim do sinal analógico, todas as transmissões passarão a ser feitas no formato digital em todo o país - o governo também estuda a concessão de insenções para a compra de decodificadores digitais e até novos televisores.

No começo de fevereiro, o governo anunciou que irá antecipar a desocupação da faixa de 700MHz, entre fevereiro e março de 2014, para expandir a internet móvel da quarta geração (4G) no país e com isso, o governo conseguirá ampliar a transmissão do sinal digital e também tornar a banda larga mais acessível a todos os brasileiros. Genildo Lins ainda afirmou que uma pesquisa realizada pelo Ministério mostra que para liberar a faixa de 700MHz é preciso encerrar o sinal analógico em 885 municípios.

Além disso, o secretário afirmou que quando o relatório final ficar pronto, acredita-se que o número de cidades deverá diminuir. O governo também garante que haverá espaço para todas as operadoras e não haverá interferência na rede 4G quando a faixa for completamente desocupada.