Governo vai anunciar, nos próximos dias, as cidades que ficarão sem TV analógica

Por Redação | 16.08.2013 às 13:17

Dentro dos próximos dias, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, deve anunciar quais serão as primeiras cidades a ter o sinal de TV analógica desligado no início de 2015. O procedimento deve começar pelas cidades maiores, e o prazo final para o desligamento completo do sinal analógico para as emissoras de TV foi marcado para 31 de dezembro de 2018.

Estima-se que 600 cidades façam parte da lista inicial de desligamento, mas o setor de radiodifusão quer que o governo reduza esse número. "A pressão é para diminuir o número de cidades. Estamos fazendo uma avaliação e o setor ficou de nos apresentar uma alternativa. É possível que tiremos algumas", disse Bernardo, de acordo com o jornal O Estado de S.Paulo.

O processo de desligamento obrigatório gradual do sinal analógico começará a valer no dia primeiro de janeiro de 2015, de acordo com o cronograma do Ministério das Comunicações, e os locais que serão anunciados nos próximos dias são aqueles que o ministro acha "imprescindível entrar já em 2015".

Em relação aos subsídios para a aquisição de aparelhos e para a transferência dos canais analógicos para a plataforma digital, Bernardo disse que após definir as cidades, o próximo passo será "ver o tamanho dos subsídios", algo que ainda não está definido.

Saiba mais: Governo federal estuda subsídio para a compra de TV digital e conversores

O governo também concederá outorgas para a exploração de serviços utilizando a tecnologia analógica no dia 31 de agosto deste ano para as emissoras de televisão. Já as retransmissoras deverão acompanhar as datas determinadas pelo Ministério das Comunicações para o fim das transmissões analógicas em cada região do país.