Governo afirma que TV analógica será completamente desativada em 2018

Por Redação | 28 de Maio de 2013 às 10h40

O governo federal anunciou recentemente que o desligamento total do sinal analógico deverá acontecer até 2018, mas garante que nenhuma residência brasileira ficará sem transmissão de TV devido ao processo de desligamento da faixa. No entanto, ainda não se sabe com precisão quantas casas possuem TV analógica em funcionamento atualmente. As informações são do jornal A Folha de S. Paulo.

Estima-se que entre 15 e 20 milhões de domicílios brasileiros já possuam receptores ou televisores digitais, mas essa estimativa governamental não é confirmada pelo Ibope. Segundo a última Pnad (Pesquisa Nacional de Amostras por Domicílios), 59,4 milhões de casas brasileiras possuem televisão, ou seja, esse número é equivalente a 96% de toda a população.

Com base na estimativa do governo, cerca de 39,4 milhões de residências ainda dependem do sinal analógico e o Ministério das Comunicações garante que a transição não deve deixar nenhuma residência sem transmissão de TV aberta. "Estamos trabalhando em múltiplas formas de subsidiar aparelhos ou conversores de sinal digital", afirmou à reportagem Genildo Lins, secretário de comunicação eletrônica da pasta, e garantiu que esses planos devem ser anunciados em breve.

O governo deverá gastar em torno de R$ 500 milhões até R$ 4 bilhões com subsídios para a compra de aparelhos digitais ou conversores para 23 milhões de famílias que não têm condições de adquiri-los. Além disso, o governo ainda poderá gastar com projetos e sistemas para evitar a interferência do sinal da rede 4G com o da TV digital.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.