Estudo: ritmo de crescimento da TV por assinatura cai no Brasil

Por Redação | 28.01.2013 às 15:55
photo_camera Estadão

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou nesta segunda-feira (28) um novo levantamento sobre o mercado de TV por assinatura no Brasil e afirmou que o país fechou o ano de 2012 com 3,4 milhões de novos assinantes e 16,2 milhões de casas com TV a cabo — o equivalente a 53,4 milhões de pessoas com acesso aos canais fechados e ao serviço. As informações são do blog do Daniel Castro.

O estudo mostra que os resultados são muito positivos para as operadoras de TV por assinatura, mas também indica uma redução considerável no ritmo de crescimento do setor. Em 2012, a TV paga cresceu 27%, apresentando queda em comparação aos 30% de crescimento registrados em 2010 e 2011. Já o crescimento mensal fechou dezembro na casa dos 1,4%.

O crescimento registrado no ano anterior ficou por conta da adoção da DTH (TV paga via satélite), que foi adotada por 83 de cada 100 novos usuários em 2012, apresentando crescimento de 41% contra os 12% da TV a cabo. Atualmente, 60 em cada 100 assinantes de TV paga no país utilizam a DTH. A agência estima que a TV por assinatura apresentará um crescimento mais sólido nos próximos anos, muito acima dos 20% que deverá registrar em 2013.

Além disso, o levantamento da Anatel também mostrou quais foram as operadoras de TV por assinatura que mais cresceram em 2012. A NET continua liderando com 8,5 milhões de clientes e com crescimento anual de 21,4%; já a Sky aparece na segunda posição, com 5,03 milhões de assinantes e crescimento acima do esperado: 33% em 2012.

Mesmo com pouco tempo no mercado, a GVT passou de 32.165 assinantes em 2011 para 425.635 clientes, apresentando crescimento anual de 1224%. A Oi também apresentou crescimento considerável de 113%, com 749 mil assinantes, e a Telefônica (Vivo) aumentou 9% e fechou o ano com 595 mil clientes.