Cinco dicas pra deixar a TV mais adequada ao seu ambiente

Por Redação

Você vai até uma loja, testa todas as funções da TV, pergunta tudo o que precisa para o vendedor, busca informações adicionais na web e, de repente... A televisão que você escolheu não ficou tão legal na sua casa.

O problema pode estar nas configurações básicas do aparelho, que você pode alterar facilmente seguindo estas dicas apontadas pelo CNET para nos dar uma forcinha. Confira:

1. Desabilite os extras

DICA TEVE 1

Algumas das TVs mais recentes, especialmente as Smarts, vêm com funções extras já por padrão e muitas delas são desnecessárias, como a interpolação de imagens, que vem como diferentes nomenclaturas de acordo com o modelo ("Auto Motion Plus na Samsung", por exemplo).

As funções "Motion Enhancement", assim como "Motion Eye Care", "MPEG filtering" ou "Soap Opera Effect" seriam mais eficientes no caso de você utilizar um videogame com necessidade para alta taxa de atualização de imagens, o que não vem ao caso do uso cotidiano, certo? Além disso, muitas vezes ao tentar reduzir os borrões, o aparelho aproxima demais as cenas da ficção com o que vemos na vida real, quando não é essa a melhor sensação ao ver um filme de fantasia, por exemplo. Então, essas funções podem ficar desabilitadas.

2. Verifique as dimensões

DICAS TEVE 2

Muitas vezes as dimensões distribuídas pelo sinal (seja da TV a cabo ou de um aparelho de DVD, por exemplo) não estão compatíveis com as dimensões selecionadas pelo televisor.

Por exemplo, obviamente haverá distorção no caso da imagem estar configurada em 4:3 na caixa da TV a cabo e você escolher 16:9 no aparelho televisor e vice-versa. Então, é preciso escolher tanto nos dispositivos de distribuição quanto na própria TV o que fica mais adequado.

Muita gente prefere uma sintonia mais fina, mesmo que haja as barras negras acima e abaixo, onde normalmente ficam as legendas. Então, além da dimensão em sincronia, vai um pouco também da preferência de cada um.

3. Ajuste as configurações básicas para maior impacto

DICAS TEVE 3

A maioria das TVs já vem com configurações distintas pré-configuradas de acordo com seu uso. Além das dimensões, já comentadas acima, uma das vantagens é explorar os diferentes modos de exibição: vale a pena navegar nas opções de imagem para "Filmes", "Esportes" ou "Games", afim de encontrar a mais adequada.

Há uma maneira ainda mais precisa de fazer isso, ajustando, a partir da opção dinâmica, os pontos ideais de cada opção de configuração, como cor, brilho, contraste, etc.

4. Busque sites especializados

DICAS TEVE 4

Muita gente já teve problemas parecidos com os seus, assim como já os resolveram. Então, para que ficar tentando fazer tudo sozinho? Alguns sites são especializados em "tunar" sua TV com precisão de acordo com o modelo especificado.

Um deles é o Tweak My TV, que te ajuda a calibrar e fazer ajustes avançados. O especialista em aparelhos televisores David Katzmaier também dá uma força. O importante é você encontrar o que mais tem a ver com a finalidade que você quer e também estar ciente que algumas mudanças possam causar danos ao aparelho.

Então, cuidado ao mexer em configurações avançadas, principalmente se você não tem o conhecimento suficiente para seguir os passos desses sites especializados. Caso tenha muitas dúvidas, não faz mal chamar um profissional para isso, certo?

5. Use o disco de calibragem

DICAS TEVE 5

Uma outra alternativa para conseguir calibrar sua TV é a de usar o próprio DVD/Blu-Ray para isso.

Alguns discos da Disney World of Wonder, por exemplo, já vêm com um software no próprio DVD/Blu-Ray, para que você obtenha o máximo de desempenho do aparelho para aquela experiência audiovisual.

Com essas dicas básicas você poderá explorar as melhores características de sua TV. Use-as à vontade e sempre com cuidado. Por fim, nunca é demais lembrar que se houver alguma dúvida ou receio em danificar seu aparelho, consulte um profissional.

Fonte: http://www.cnet.com/how-to/five-steps-for-a-better-looking-tv/