Assinatura de TV a cabo ou de serviços na internet: qual a melhor opção?

Por Fernanda Morales

Serviços de entrega de conteúdo por streaming como Netflix, Boxee, Netmovies, Sunday TV entre outros, já começam a ganhar espaço no mercado internacional e nacional. Com a expansão desse tipo de serviço, muitos usuários estão optando por cancelar suas assinaturas de televisão a cabo para buscar por serviços com programação mais personalizada.

O preço da assinatura é um dos pontos essenciais para a troca da TV a cabo por um serviço de streaming. Além disso, a opção de personalizar sua programação e consumir filmes e séries de sua preferência e na hora que escolher também são alguns dos pontos positivos.

Os serviços de streaming, que necessitam de uma conexão de internet banda larga para funcionarem com qualidade, também ajudam os fãs de cinema e seriados a não fazer muitos downloads e comprometer o espaço de armazenamento no seu computador.

Segundo o Teletime, uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (27) pela ABI Research afirma que o mercado de plataformas de entrega de vídeos deve crescer muito nos próximos cinco anos. Analistas afirmam que até o final de 2012, as empresas provedoras de conteúdo devem gerar US$ 2,1 bilhões e, até 2017, esse valor deverá aumentar ainda mais, chegando a US$ 4 bilhões.

Mas, qual a melhor opção: assinatura de TV a cabo ou de serviços na internet? Cada usuário deverá buscar entender qual sua demanda por conteúdo e o que ele busca nestes serviços como, por exemplo, filmes, noticiários, séries, esportes, documentários etc.

A equipe do Canaltech pesquisou sobre as tendências do mercado e sobre as opções disponíveis para os consumidores brasileiros. Confira abaixo nossa lista com as vantagens e desvantagens de cada tipo de serviço.

TV a cabo

Cada uma das operadoras de televisão a cabo no Brasil oferece planos de assinatura com base na demanda de cada usuário, ou seja, planos mais básicos não terão tantos canais de filmes e esportes disponíveis, assim como os mais caros terão diversas opções, totalizando mais de 100 canais diferentes.

Canais de TV a cabo

Os valores variam de operadora para operadora com os planos básicos girando em torno de R$ 50,00. Vale ressaltar que os pacotes básicos não possuem tantas opções de canais de filmes e nem de esportes, como é o caso dos amantes de futebol que têm que assinar o pay-per-view para acompanhar todos os jogos do seu time.

As pessoas que buscam assinaturas mais completas para agradar a todos os membros da família, com canais infantis, esportivos e de música, chegam a pagar até R$ 300 por mês por um pacote completo.

Uma das principais vantagens de uma assinatura de televisão a cabo são as opções de canais e, acima de tudo, a qualidade de imagem. Mas o valor dos pacotes ainda se mostra o principal empecilho para a adoção dessa tecnologia em grande parte dos lares brasileiros.

Com o crescimento dos serviços de streaming de conteúdo, alguns canais a cabo e operadoras já estão voltando suas atividades para este setor como é o caso do NET Now, do Telecine Play e do HBO Go. Os dois últimos serviços foram lançados recentemente no país e para que as pessoas tenham acesso ao conteúdo desses canais em seus dispositivos móveis, precisam assinar um pacote de TV a cabo que tenha os vários canais da rede Telecine e HBO inclusos.

O NET Now, por sua vez, permite que os usuários aluguem filmes e programas de televisão para assistir em um horário mais oportuno, mas para ter acesso a esse serviço, os interessados terão que ser assinantes dos planos NET HD ou NET HD Max, com valores a partir de R$ 129,90 ou R$ 139,90 ao mês.

Serviços na Internet

Confira o comparativo dos serviços de streaming de filmes e séries disponíveis no Brasil

As plataformas de entrega de conteúdo por streaming permitem que os usuários escolham seus conteúdos, e os valores de suas assinaturas são mais acessíveis. Os usuários encontram diversas opções de vídeos como séries de televisão, programas 'ao vivo', filmes, noticiários entre outros, porém, no Brasil, as pessoas interessadas em esportes ainda não encontram muitas opções.

Nos Estados Unidos, algumas ligas nacionais possuem serviços de streaming de conteúdos exclusivos como é o caso da Liga Nacional de Futebol Americano e da NBA. Os usuários brasileiros, por sua vez, ainda não têm acesso a jogos de futebol, esporte preferido da maioria dos brasileiros, pela internet.

Há um ano, o Netflix chegava ao Brasil com muitas opções de filmes e séries, com interface de fácil navegação em português e com a possibilidade dos usuários testarem o serviço durante um mês sem ter que pagar nenhum centavo.

Netflix

A mensalidade de R$ 14,90 permite que os usuários assistam quantas horas de conteúdo desejarem, classifiquem os títulos e levem a experiência de streaming para a tela dos seus televisores, consoles, smartphones e tablets.

Pegando carona no sucesso do Netflix, o Terra lançou no começo do ano seu serviço de locadora digital, o Sunday TV. O serviço permite que os usuários aluguem filmes e séries para assistir por streaming ou façam download de conteúdo e os assistam em diferentes plataformas como Android, iOS, Smart TVs e computadores pessoais.

SundayTV

Os usuários do Sunday TV podem alugar conteúdos individuais por aproximadamente R$ 6,90, com prazo de 24 horas para começar a assistir o conteúdo, ou com uma assinatura mensal no valor de R$ 14,90. A desvantagem do serviço é que alguns títulos disponíveis não podem ser alugados, mas somente comprados por valores que chegam até a R$ 30.

O Netmovies também funciona como uma locadora virtual, mas com uma diferença: os usuários alugam os filmes e o DVD ou Blu-Ray é entregue na porta da sua casa. O serviço traz conforto e comodidade para as pessoas que não querem sair de casa para alugar um filme.

Netmovies screenshot

Com mais de 35 mil títulos em seu catálogo, o Netmovies ainda tem a opção de assistir determinados filmes por streaming - tudo a partir de R$ 18,90 ao mês. O serviço ainda permite que os usuários agendem o dia da entrega do filme em sua casa, mas vale lembrar que a entrega de DVDs não está disponível em todo o território nacional.

Outro serviço que ainda é novidade no Brasil é o Boxee. Lançado em 2011, nada mais é do que um media box, que permite que os usuários o conectem diretamente com seus televisores, computadores e com a internet. O Boxee possui parcerias com outros serviços como Netflix, Pandora, VUDU e Spotify para fornecer conteúdos ilimitados via streaming.

Equipado com duas entradas USB, conexão Wi-Fi, Ethernet, cartão de memória SD ou MMC, saída de áudio HDMI 1.3, controle remoto com teclado QWERTY, o Boxee permite que os usuários assistam programas 'ao vivo', filmes, séries e tenham acesso a aplicativos.

Boxee

Além disso, o Boxee possui integração com as redes sociais e uma ferramenta que permite que o usuário agende determinado programa para assistir mais tarde. O valor sugerido do aparelho é de R$ 899 - mas não há mensalidade. Os mais de mil aplicativos estão à disposição do usuário, gratuitamente.

E a chegada das Smart TVs no mercado brasileiro também está trazendo aplicativos que garantem aos usuários acesso a conteúdos por streaming. Dependendo da plataforma adotada como, por exemplo, Google TV ou Apple TV, os telespectadores podem acessar provedores de conteúdo como YouTube, Hulu, VUDU, Netflix, Pandora, Spotify, HBO Go entre outros com apenas alguns cliques.

Você assina ou acessa algum serviço de streaming de conteúdo? Conte para nós, nos comentários, sua experiência e nos diga qual deles prefere!