Qual o melhor scanner para as suas necessidades?

Por Dimitri Pereira RSS

scanner

No mercado são lançados cada vez mais tipos de scanners. A variedade é imensa e os modelos visam atender as necessidades e o bolso dos diversos perfis de usuários existentes. Para uso doméstico, a melhor alternativa é apostar nas multifuncionais com scanners simples para digitalizar documentos e fotos, com o máximo de tamanho de uma folha A4 e para uso de pequeno porte. Já para escritório, o tipo de scanner sheet-fed é o mais indicado, pois é rápido e prático para grandes quantidades de documentos.

Mas existem outras opções. Entenda então quais são elas, quais diferenças entre os formatos desse tipo de acessório e qual se adequa mais às suas necessidades.

Multifuncionais

scanner

Multifuncionais não se enquadram bem na classificação de scanner, uma vez que a digitalização é apenas uma de suas funções. Porém, ela acaba sendo a opção mais interessante para o uso doméstico e atende bem às necessidades usuais. Nesse caso, o scanner conta com a vantagem da integração com recursos de impressão, já que vem associado a ele uma impressora, e para quem faz questão de qualidade na hora de usar essa ferramenta embutida, a dica é dar preferência aos modelos que possuam maior resolução, que é medida em DPIs.

A maioria das multifuncionais aplicam o formato flatbed, no entanto, como esse nicho corresponde a uma parcela bastante expressiva do mercado, é também a mais acessível ao bolso.

A média de preço de uma multifuncional está na casa dos R$250, como as Canon Pixma.

Scanners de mesa (flatbed)

scanner

O termo flatbed se refere à disposição horizontal da interface em que o escaneamento é realizado. Essa categoria é indicada para objetivos mais focados e profissionais, fogem do padrão doméstico das multifuncionais e são a melhor alternativa para usuários que necessitem de um aparelho capaz de conseguir obter mais qualidade na captura de imagens, o que a torna ideal para fotógrafos e profissionais de criação.

Tecnicamente, os scanners de mesa, por serem maiores que os das multifuncionais, permitem que as fotos ou documentos resultem em arquivos de imagem com uma maior resolução. Sendo assim, quanto maior a resolução, maior será a qualidade e menor necessidade de miniaturizar o resultado, o que pode causar distorções à cópia, principalmente em documentos. De um modo geral, um acessório desse tipo na casa dos 600 DPI provavelmente atenderá bem às necessidades de usuários comuns.

A variação dos preços entre esses modelos de scanner variam muito, mas uma opção interessante pode ser encontrada por cerca de R$450 no mercado brasileiro.

Sheet-fed

scanner

Esse é o modelo ideal para escritórios, pois o ponto central desse tipo de aparelho é a velocidade de renderização da página. perfeito para digitalizar grandes quantidades de documentos em menos tempo, bem mais rápido do que é possível nos flatbeds. 

Mas a resolução e a qualidade final da digitalização não são o ponto forte desse tipo de scanner, ainda que existam alguns modelos de sheet-fed que atinjam resultados satisfatórios. A ideia desse tipo de aparelho é tornar conveniente a tarefa de digitalizar em PDF uma grande quantidade de arquivos em pouco tempo.

Os preços desses modelos tendem a ser altos, pelo perfil ser de uso profissional além de todos os outros recursos extras, como Wi-Fi e Bluetooth por exemplo.

A marca mais famosa nesse padrão é a Fujitsu e a linha Scansnap, porém outras marcas podem estar mais em conta. Você pode encontrar por R$4.500 um Epson DS - 560.

Scanner de mão

scanner

Inventados pensando em trabalhar em conjunto com um laptop, por exemplo, eles permitem a digitalização de documentos em qualquer lugar. Como o próprio nome diz, são aparelhos muito portáteis. mas por serem mais simples, acabam não tendo a mesma qualidade e resolução dos modelos maiores e mais tradicionais e são utilizados por um tipo bem específico de usuários.

O tamanho e a portabilidade, no entanto, não significam necessariamente que têm os preços mais em conta. Modelos desse formato, no Brasil, por exemplo, costumam sair por uma média de R$200 sendo os mais baratos e podem custar até R$1.000 em versões mais equipadas.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome