TIM denuncia e Claro é punida pelo Conar por anúncio de internet gratuita

Por Redação | 26.06.2015 às 15:03

Em meio às confusões envolvendo diminuição da velocidade e cortes na conexão de internet móvel, as operadoras recorrem a promoções para fidelizar os seus clientes. Neste mês, a Claro anunciou que liberou o uso do WhatsApp, Facebook e Twitter gratuitamente para os seus usuários de linhas pré e pós-pagas, e controle.

A ideia não agradou a concorrente TIM, que decidiu denunciar a promoção ao Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), órgão responsável pela regulamentação de anúncios publicitários. O recurso foi suspenso por não se tratar de algo realmente gratuito, pois o cliente precisa pagar para a usar a internet de qualquer maneira.

A solicitação de suspensão do anúncio foi feita no dia 22 de junho, mas saiu do ar apenas na manhã desta sexta-feira (26). A Claro fez uma mudança na propaganda, afirmando agora que o acesso é grátis dentro da franquia contratada, trazendo mais detalhes para os clientes. Veja a diferença abaixo:

Promoção Claro
Promoção Claro

Apenas o anúncio antigo foi suspenso, mas o recurso continua em vigor. A própria TIM possui uma oferta parecida, que libera o uso do WhatsApp sem descontar da franquia de dados. A Claro também atualizou o regulamento da promoção.

Não é a primeira vez que a Claro é punida pelo Conar. Em 2014, um levantamento mostrou que a companhia foi condenada seis vezes, liderando o ranking de punições do conselho.

Via: Gizmodo, Meio & Mensagem