TIM demite 500 funcionários e fecha call center em Curitiba

Por Redação | 08 de Julho de 2016 às 13h34
photo_camera Divulgação

A TIM demitiu nesta sexta-feira (08) cerca de 500 funcionários de call center e fechou uma de suas unidades de atendimento ao cliente em Curitiba (PR). Ao chegarem para trabalhar pela manhã, os trabalhadores teriam sido surpreendidos com portas fechadas e a notícia das dispensas, que foi dada em um auditório para todos de uma só vez.

A notícia foi confirmada pela operadora, que afirmou que a onda de demissões faz parte de uma reestruturação interna, que envolve também uma nova organização na estrutura de atendimento. Segundo a TIM, os sistemas de call center passarão a funcionar a partir de centros próprios no Rio de Janeiro e em Santo André, na zona metropolitana de São Paulo, além de uma ampliação da atuação de parceiros terceirizados.

Enquanto isso, em Curitiba, o clima era de desinformação e temos, com alguns funcionários afirmando terem sido informados sobre o fechamento da central há três meses, enquanto outros alegavam não terem conhecimento de nada até chegarem para trabalhar nesta sexta. Foi justamente parte desse grupo que procurou a imprensa paranaense para denunciar a demissão em massa.

De acordo com funcionários, a empresa estaria negociando pacotes de demissão caso a caso, além da rescisão e outros benefícios legais que fazem parte desse tipo de movimento. Como compensação, funcionários continuariam recebendo auxílios como pagamento de faculdade até o final do ano e extensão de planos de saúde e pagamentos de creche por até seis meses, bem como compensações em salários adicionais de acordo com o tempo de casa.

Os rumores de que a TIM estaria prestes a fechar o call center de Curitiba já circulavam há algumas semanas. Até mesmo o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações (Sinttel) já havia alertado sobre a possibilidade, alegando que a atual situação econômica do país estaria gerando uma crise na operadora, levando à atual organização. A organização ainda não se pronunciou sobre as demissões desta sexta.

De acordo com a TIM, ainda, o fechamento do call center de Curitiba seria parte de um Plano de Eficiência criado, justamente, para reduzir os custos da empresa e lidar com a crise. A expectativa é que R$ 1 bilhão seja economizado até o final do ano que vem por meio de mudanças nos processos internos, novas estratégias de serviços e um enxugamento das despesas.

Fonte: Banda B

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!