Subsidiárias da Oi na Holanda declaram falência

Por Redação | 02 de Dezembro de 2016 às 18h53

As duas subsidiárias da operadora com operação na Holanda pediram hoje a falência das empresas. A Oi Brasil Holdings Coöperatief UA e Portugal Telecom International Finance B.V operavam no país como veículos financeiros da telecom na Europa.

O pedido foi protocolado na Corte Distrital de Amsterdã e agora aguarda uma audiência para analisar o pedido. A requisição será analisada pela Justiça local no dia 12 de janeiro.

Após o pedido de falência, a Oi tratou de enviar à Comissão de Valores Mobiliários no Brasil um comunicado para tranquilizar a organização e afirmar que o evento não interferirá no pedido de recuperação judicial enviado este ano pela operadora brasileira.

“A Oi reitera que a eventual conversão estaria restrita à jurisdição e lei holandesas e espera que disso não resultem impactos significativos na recuperação judicial – que continua incluindo a Oi Brasil Holdings e a PTIF -, no seu caixa e nem no dia-a-dia da Companhia no Brasil. A Oi pretende empreender todos os esforços apropriados para buscar assegurar a proteção dos interesses das Empresas Oi e de todos os seus stakeholders”, afirmou a operadora em nota.

A operadora fez o pedido de recuperação judicial na metade do ano, alegando não ser mais capaz de pagar sua dívida acumulada em mais de R$ 65 bilhões da Oi. Desse montante, R$ 20,2 bilhões são devidos apenas para a Anatel.

Fonte: TeleSíntese

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.