Subsidiária da Telefônica compra o Terra por R$ 250 milhões

Por Redação | 03 de Julho de 2017 às 10h20

A Telefônica Brasil anunciou a aquisição da totalidade do capital social da Terra Networks Brasil, em um negócio no valor de R$ 250 milhões. Os papéis pertenciam à SP Telecomunicações Participações S.A. e serão passados a uma subsidiária da multinacional, a Telefônica Data, como forma de ampliar seu rol de clientes e soluções disponíveis para o mercado.

A notícia sobre a aquisição veio em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários, com o negócio sendo voltado para as opções de serviços digitais e canais móveis de venda e relacionamento, além de outras soluções. Com a venda, a TData assume total controle da Terra Networks no Brasil e passa a operar todas as suas operações no país, como plataformas de vendas e publicidade, além de serviços de redes, manutenção e elaboração de projetos no setor de telecomunicações.

A recíproca também é verdadeira, e de acordo com o comunicado, as operações da Terra também passam a ficar disponíveis para os clientes da TData, que passam a contar com as soluções de serviços digitais da adquirida. A união também deve garantir a criação de novos produtos e a troca de conhecimento entre executivos e colaboradores, além de fortalecer a companhia como um todo e garantir acordos com fornecedores e parceiros.

O valor foi pago em uma parcela única e sem a necessidade de financiamento, a partir de dinheiro disponível no caixa da TData. O montante de R$ 250 milhões foi obtido a partir de avaliação da parcela que a SP Telecomunicações possuía na Terra Networks Brasil no dia 30 de abril de 2017, por meio de uma auditoria.

Apesar disso, a compra não está sujeita à necessidade de aprovação por órgãos regulatórios brasileiros ou quadros de diretores da Telefônica. Além disso, a empresa esclarece que não existirá alteração na estrutura acionária da companhia nem diluição aos investidores como reflexo da negociação. Pelo contrário, a companhia espera que seus acionistas vejam ampliação no valor devido à expansão no rol de soluções e serviços que a empresa passará a oferecer a seus clientes.

A compra vem em um momento importante para a Terra Networks, que anunciou há duas semanas o fim de suas operações online, como portais e serviços de e-mail, na maioria dos países em que opera. O Brasil, entretanto, deve ser o único onde não existirão alterações, e agora a companhia passa a operar sob a TData, continuando a oferecer seus serviços para os clientes.

Por aqui, as origens da Terra Networks remontam a 1995, quanto foi lançado o provedor de internet NutecNet. Um ano depois, a empresa foi comprada pelo grupo RBS e se tornou o ZAZ, nome pelo qual operou até 2000, quando foi adquirida pela Telefónica e se integrou à marca que já era utilizada pela companhia espanhola em todo o mundo para seus serviços de internet.

Fonte: Exame

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.