Site da TIM é invadido por hackers

Por Redação | 09 de Agosto de 2016 às 11h55

[Atualizado - 09/08 12h20] Após a publicação desta notícia, a TIM, por meio de sua assessoria de imprensa, emitiu um posicionamento oficial sobre o caso.

"A TIM esclarece que a falha no direcionamento do endereço www.tim.com.br ocorrida na manhã de hoje (09/08) já foi solucionada. A empresa reitera que seus servidores não foram hackaeados e que os dados dos clientes se mantém preservados, sem qualquer prejuízo aos usuários da página."

Uma dupla de hackers do Oriente Médio invadiu e desfigurou o site oficial da operadora TIM na manhã desta terça-feira (09). A página inicial, que deveria trazer opções como planos, sistemas de atendimento e outros, agora traz uma mensagem de liberdade, em inglês, falando contra os padrões da sociedade atual. O texto, com alguns erros de ortografia, diz o seguinte:

“Se o mundo pudesse ser perfeito... Nessa sociedade liderada por americanos... Não somos livres! O estilo de vida é imposto, por exemplo: nascemos, vamos para a escola à força, casamos, temos filhos, arrumamos um emprego, repetimos as mesmas tarefas todo dia. É ridículo e patético! Por que? Porque nos dizem para fazer isso. Vou deixar que você ria e diga “somos livres”. Somos livres para decidir nosso futuro, ir para a escola e se preparar... é a coisa mais ridícula que já ouvi, porque o futuro não é decidido por você, mas pelo seu maior inimigo, que se chama sociedade. Na música: ‘end of days’, há uma citação: ‘o inimigo ao meu redor’. Lembre-se disso, não confie em ninguém pois somos animais, é o melhor que podemos fazer em um mundo queimado por mentiras governamentais.”

Hack TIM

A desfiguração foi assumida pelos hackers AMAR^SHG e RxR Hacker, respectivamente da Albânia e Arábia Saudita. A dupla, trabalhando junta ou de forma individual, já conta com uma série de ações semelhantes no currículo, envolvendo, por exemplo, o Ministério da Defesa do Irã, a emissora francesa Canal Plus e outro site brasileiro, o Descomplica, focado em preparação para o vestibular.

Hack TIM

No momento em que essa reportagem é escrita, inclusive, o site desfigurado continua no ar e o Google já exibe a mensagem hacker até mesmo em seu motor de buscas, quando se procura pela operadora. A TIM, entretanto, não se pronunciou publicamente sobre o assunto, mas a demora em recuperar os serviços indica que a empresa pode ainda não ter recuperado o acesso a seus servidores.

Ações de desfiguração, entretanto, dificilmente representam riscos para os clientes e usuários. Apesar de elas envolverem o acesso a servidores privados, isso normalmente acontece na hospedagem ou redirecionamento de domínios, com os hackers não tendo acesso, normalmente, a dados privados. Alterações desse tipo se relacionam mais à colocação de uma mensagem ou tentativa de interromper serviços do que ao roubo de informações.

Fonte: TIM

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.