Projeto quer 20% de recursos do Governo para capacitação de mão de obra 5G

Por Claudio Yuge | 30 de Setembro de 2019 às 08h20
WFCCTech

O mercado tem grandes expectativas com relação à implantação do 5G no Brasil, já que isso deve mudar bastante o setor industrial e de conectividade da Internet das Coisas. O país está bastante atrasado em relação aos demais e o Governo vem tentando acelerar o processo, prometendo para breve a escolha de um parceiro para infraestrutura.

Agora, o Projeto de Lei 4.300/19 prevê a aplicação de pelo menos 20% dos recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel) na formação e capacitação de mão de obra para o 5G. O autor da proposta é o deputado Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO) e o texto tramita na Câmara dos Deputados.

Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO) (Imagem: Lucio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados)

“O Brasil ainda registra um enorme déficit na formação de capital humano para o setor. Segundo informações da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), estima-se que, em 2022, o país tenha um déficit de cerca de 400 mil profissionais para software e serviços de tecnologias da informação. Ainda segundo a entidade, a demanda projetada para o mesmo ano será de 1,7 milhão de profissionais”, argumenta Gaguim.

O PL agora será analisado pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Ou seja, ainda deve demorar para termos uma resposta conclusiva a respeito desse tema.

Fonte: Agência Câmara  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.