Opositor da neutralidade da rede deverá liderar FCC nos Estados Unidos

Por Redação | 20.01.2017 às 22:12
photo_camera Reprodução

Forte opositor da neutralidade da rede, Ajit Pai poderá ser o nome escolhido pelo presidente Donald Trump para liderar a nova administração da Federal Communications Commission (FCC), órgão equivalente à Anatel nos Estados Unidos.

A indicação é de quatro fontes "próximas ao assunto", que confirmaram ao site Politico que Trump deverá nomear Pai. Ambos se encontraram pela última vez na segunda-feira (16), em Nova York.

Pai já é há mais de três anos o representante do partido republicano na FCC e, por isso, poderia assumir o cargo sem uma nova aprovação prévia do Senado americano. A expectativa original era que o executivo fosse escolhido para liderar a comissão apenas no princípio do mandato de Trump, mas agora os rumores apontam que Pai pode ser efetivado no cargo para os próximos quatro anos.

Na indústria das telecomunicações, o executivo é visto como um conhecedor de leis do setor e alguém com boas relações dentro de Washington. Para tristeza dos consumidores, no entanto, Pai é um ferrenho crítico de regulamentações nas telecomunicações, principalmente aquelas passadas durante a administração Democrata da comissão – incluindo as regras de 2015 que garantem a neutralidade da rede no país.

Se confirmado na liderança da FCC, o atual conselheiro republicano teria força para começar a desfazer essas regras, permitindo, por exemplo, que operadoras cobrem diferentes valores para diferentes tipos de acesso de rede. Em dezembro, Pai já havia comentado publicamente que "revisitar" as regras de neutralidade da rede seria uma das prioridades da FCC para 2017.

Ajit Pai e o a equipe de transição de Donald Trump, no entanto, ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Via: Politico