No Brasil, 4G apresentou queda de velocidade e cobertura no último trimestre

Por Redação | 05.02.2016 às 10:15
photo_camera Divulgação

Do ranking dos 68 países analisados pelo relatório OpenSignal, o Brasil caiu da 24ª posição para o 42º lugar no que diz respeito à qualidade da conexão 4G oferecida pelas operadoras. A velocidade média do 4G brasileiro caiu nos últimos três meses e a cobertura também não apresentou melhoras.

A OpenSignal realiza essa medição periódica com base no aplicativo da empresa, que, ao ser instalado nos smartphones dos usuários, mede a qualidade da conexão e do serviço prestado. De acordo com o estudo, a velocidade do 4G no Brasil está em uma média de 12 Mbps, o que não é ruim, mas é inferior à registrada no trimestre passado (16 Mbps).

Uma explicação razoável para a queda na velocidade média da conexão móvel do brasileiro é a popularização da rede 4G, fazendo com que o maior número de pessoas conectadas cause congestionamento, reduzindo a velocidade da navegação. Porém, as operadoras precisam estar atentas a esse fluxo para não deixar a qualidade do serviço cair cada vez mais.

De acordo com o relatório, a Vivo é a operadora que apresentou o melhor resultado na medição da velocidade média do 4G, com 15 Mbps. Na sequência vem a Oi, com velocidade de 13 Mbps; Claro, com 12 Mbps; TIM, com 9 Mbps; e a Nextel, com velocidade média mais baixa e de apenas 3 Mbps.

O relatório também monitorou a cobertura do 4G no Brasil e o resultado mostrou que não houve expansão nos últimos três meses.

Confira o gráfico que compara a qualidade do 4G oferecido nos 68 países monitorados:

4G OpenSignal

(Reprodução: OpenSignal)

Fonte: OpenSignal