Marca GVT deixará de existir a partir de 1º de abril de 2016

Por Redação | 06 de Agosto de 2015 às 12h29

A venda da GVT para a Vivo foi uma das maiores transações do setor de telecomunicações no Brasil. A empresa foi vendida para a Telefônica/Vivo por R$ 22 bilhões e passará por diversas mudanças para se incorporar à sua atual proprietária. A fusão representará menos ostentação e mais foco em resultados. Ao completar um ano, a incorporação começará a entrar em fase final, onde a marca GVT ficará de lado.

Segundo Amos Genish, CEO da GVT, a partir de 1º de abril de 2016 a empresa passará a adotar a marca Vivo para todos os serviços. E, em outubro, deverá acontecer a convergência completa em contas de serviços para o consumidor. Contudo, as ofertas já começam a convergir. O cross-selling — processo em que a empresa oferece aos clientes produtos complementares àqueles que já foram ou estão para ser adquiridos — com serviços móveis da Vivo já começou para os clientes da GVT. Além disso, a migração da infraestrutura alugada para a recém-adquirida também já começou.

O atual prédio, onde funciona a sede da GVT, deverá ser esvaziado, visto que tem oferecido difícil acesso a funcionários, além de contar com um alto custo de aluguel. Sendo assim, de acordo com o Genish, a sede da empresa mudará. "Hoje há propostas melhores", afirmou. O executivo está procurando um novo prédio para incorporar os mesmos 5 mil funcionários atuais, negando que haverá qualquer corte no quadro de trabalhadores.

Genish espera que até o próximo ano a Telefônica consiga obter as sinergias com a GVT, incluindo a unificação de todo sistema de TI e alteração de qualidade de nível de serviço de campo. O CEO promete que para 2016 haverá um novo portfólio "com bastante inovações" e muito mais ênfase em produtos quadplay com serviços móveis atrelados.

"Acho que, com isso, vamos poder ver as combinações que vão entregar resultados que prometemos ao mercado financeiro", declara.

Fonte: Exame

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.