LTE irá ultrapassar marca de 1 bilhão de assinaturas até o final do ano

Por Redação | 12 de Junho de 2015 às 11h01
photo_camera Divulgação

O aumento no número de adesões à tecnologia LTE irá ultrapassar a marca de 1 bilhão até o final deste ano, levando as operadoras a investir em maior escala em soluções como as small cells, pequenas antenas utilizadas na ampliação do sinal da rede celular, proporcionando melhor eficiência no tráfego de dados.

De acordo com a ABI Research, especializada em pesquisa de mercado, haverá cerca de 1,37 bilhão de assinantes 4G LTE em todo o mundo até o final de 2015, resultando em um aumento exponencial de 650 milhões em relação a 2014.

A adoção da tecnologia LTE tem auxiliado o setor de telecomunicações em vários aspectos. Além de possibilitar que as operadoras móveis tenham mais flexibilidade ao elaborar seus planos, a tecnologia tem fomentado estratégias mais agressivas de ampliação de redes em países como a China. Com a popularização da LTE, smartphones com este tipo de conexão têm sido vendidos a preços mais baratos.

A conexão LTE está crescendo rapidamente na América do Norte, Japão e Coreia do Sul, onde deve ser incluída na maioria das assinaturas deste ano, segundo relatório da fabricante de equipamentos de telecomunicações Ericsson. O relatório também revela as expectativas para o futuro no segmento de tráfego móvel.

Em países onde a adoção da LTE é alta, as operadoras de rede estão buscando novas maneiras de manter suas redes em pleno funcionamento para suportar a crescente demanda de tráfego, em especial de vídeo, impulsionado pela crescente popularidade dos smartphones com telas grandes.

Deste modo, o investimento em small cells tem crescido nos últimos meses como forma de impedir que as redes fiquem congestionadas. A Verizon Wireless, por exemplo, fechou uma parceria com a Ericsson de cerca de US$ 500 milhões para implantar small cells em sua rede. Apesar de cobrir apenas uma área limitada, as pequenas antenas são capazes de potencializar o sinal da rede celular, o que pode ser suficiente para que os usuários tenham uma experiência satisfatória no uso da conexão LTE.

Apesar de ser uma solução viável para as operadoras, a implantação das small cells em redes LTE tem sido dificultada devido ao seu gerenciamento e a sua integração com o restante da rede. Empresas como Ericsson e Alcatel-Lucent têm trabalhado para resolver esses problemas. Nessa semana, a Alcatel-Lucent anunciou a expansão de seu Programa de Certificação que ajuda as operadoras a encontrar os melhores lugares para a instalação de small cells.

De acordo com os números da ABI Research, as redes LTE deverão continuar crescendo ao longo dos próximos 5 anos a uma taxa de cerca de 20%, superando 3,5 bilhões de assinaturas em 2020. Já o relatório da Ericsson prevê que esse número será de 3,7 bilhões conexões.

Apesar do grande crescimento da LTE, as redes 3G ainda são as mais populares do mundo, com 3,8 bilhões de assinaturas. Em 2020, espera-se que as primeiras redes 5G cheguem a países como Japão e a Coreia do Sul.

Fonte: PC World

Fonte: http://www.pcworld.com/article/2935332/lte-subscriptions-to-surpass-1-billion-this-year.html#tk.rss_all

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.