Interessadas no Leilão do 5G enviam documentação à Anatel

Interessadas no Leilão do 5G enviam documentação à Anatel

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 28 de Outubro de 2021 às 23h20
Divulgação/Anatel

Com o Leilão do 5G com data já marcada, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) passou a receber, por meio da Comissão Especial de Licitação (CEL), a documentação das empresas interessadas em participar da licitação. Essa será a maior oferta de espectro da história da Anatel.

O recebimento desse material constitui a primeira etapa do processo. As 15 empresas cadastradas para participar são (em ordem alfabética):

  1. Algar Telecom S.A.
  2. Brasil Digital Telecomunicações Ltda.
  3. Brisanet Serviços de Telecomunicações S.A.
  4. Claro S.A
  5. Cloud2U Indústria e comércio de equipamentos eletrônicos Ltda.
  6. Consórcio 5G Sul
  7. Fly Link Ltda.
  8. Mega Net provedor de internet e comércio de informática Ltda.
  9. Neko Serviços de Comunicações Entretenimento e Educação Ltda.
  10. NK 108 Empreendimentos e Participações S.A.
  11. Sercomtel Telecomunicações S.A.
  12. Telefônica Brasil S.A.
  13. TIM S.A.
  14. VDF Tecnologia da Informação Ltda.
  15. Winity II Telecom Ltda.

Agora, o material será analisado pela CEL. A primeira sessão de abertura, análise e julgamento de propostas de preço será na próxima quinta-feira (4), às 10h, na sede da Anatel, em Brasília.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Divulgação/Anatel

Abraão Balbino e Silva, superintendente de competição e presidente da CEL, destaca que cinco das 15 candidatas já são operadoras. “Nos deixa orgulhosos ter dez novos proponentes para entrar no mercado móvel”, destaca. Durante o processo de esclarecimento aos participantes, a CEL recebeu 415 perguntas, a maioria relacionada à dinâmica da licitação.

Nilo Pasquali, superintendente de planejamento e regulamentação, explica que, se o leilão se estender além da sessão de 4 de novembro, pode terminar no dia seguinte. Sobre o leilão, ele ressalta que, se não houver proposta para o Lote A1, nacional, na faixa de 700 MHz, por exemplo, ele será oferecido em uma segunda rodada, dividido em quatro pacotes regionais.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.