Em resposta a boatos, GSMA afirma que 5G não afetará previsões de tempo

Por Se Hyeon Oh | 25 de Junho de 2019 às 10h39
CNBC

O constante investimento e desenvolvimento da rede 5G tem gerado algumas discussões quanto à segurança dessa tecnologia. Alguns estudos, por exemplo, sugerem até mesmo que as radiações da tecnologia podem acabar não sendo seguras para a saúde humana e recentemente uma outra vertente surgiu apontando que esses sinais podem acabar interferindo nos relatórios de previsão do tempo.

De acordo com alguns relatos da mídia, a banda de frequência de rádio da rede de comunicação 5G leiloada pelo governo dos EUA tem algumas frequências semelhantes às dos principais satélites utilizados na meteorologia. Assim, especialistas da área temem que a transmissão 5G possa interferir na coleta de dados.

A GSMA, órgão comercial que representa os interesses das operadoras de redes móveis em todo o mundo, negou nesta segunda-feira (25) um relatório recente que afirma que o 5G afeta a previsão do tempo. Em resposta a Zhongguancun Online, a GSMA afirmou que o 5G não afetará a previsão do tempo.

A entidade acredita que as redes 5G e os serviços de previsão do tempo podem coexistir e que a meteorologia não será afetada pelo 5G. De acordo com a GSMA, esses tipos de boatos podem ter surgido de regiões ou de organizações que se opõem e mostram certa resistência à adoção da mais nova tecnologia de conexão.

Fonte: Gizchina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.