Corte de Falências dos EUA reconhece pedido de recuperação judicial da Oi

Por Redação | 21 de Julho de 2016 às 21h41
photo_camera Divulgação

Na noite desta quinta-feira (21), a Oi informou que seu pedido de recuperação judicial foi reconhecido pelo Tribunal Federal de Falências do Distrito Sul de Nova York, nos Estados Unidos. O pedido de tutela provisória havia sido concedido no dia 22 do mês passado.

Em análise, durante a audiência, a corte de falências determinou decisão em favor do Grupo Oi. Com o deferimento, os credores ficam impedidos de entrar com ações contra a operadora e seus bens em território norte-americano. Ações para rescindir contratos ou interferir neles também ficam impedidas.

Quanto ao processo no Brasil, a solicitação de recuperação judicial da companhia, que é a maior registrada de todos os tempos, com dívida de R$ 65,4 bilhões, segue em tramitação. O pedido foi aprovado pelo juiz Fernando Cesar Ferreira Viana no dia 29 de junho.

Ainda nesta semana foram selecionados os nomes das empresas que concorrerão para a administração da operadora durante o processo. São elas, PwC (Price), Deloitte, Alvarez&Marsal, BDO e Licks Consultoria. Fica sob responsabilidade da 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio a análise.

Fonte: TeleTime, O Globo

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.