Claro e Ericsson testam 5G no Brasil

Por Redação | 17.10.2016 às 21:51 - atualizado em 18.10.2016 às 00:24
photo_camera Divulgação

Durante a Futurecom 2016, uma apresentação feita pela Claro e pela Ericsson mostrou para o público um protótipo de rede 5G, cuja velocidade atingida bateu picos de 5 Gbps. No LTE, chega a 120 Mbps de média, alcançando os 280 Mbps no LTE Advanced, com latência baixíssima, inferior a um milissegundo.

A demonstração ocorreu graças a uma solicitação da Ericsson à Anatel, que autorizou usar uma frequência de 15 MHz e quatro portadoras agregadas de 100 Mhz cada. Uma estação radiobase e um servidor de vídeo transmitiram para outra estação onde quatro notebooks os decodificaram e os transmitiram para quatro painéis, onde o conteúdo foi projetado em 4K.

De acordo com o site Convergência Digital, André Sarcinelli, diretor de Engenharia da América Móvil, diz que a ideia é mostrar que o Brasil deve discutir a implantação da tecnologia. "As faixas para o 5G na Europa – 15GHz e 28 GHz – não estão disponíveis no Brasil e terão de ser limpas", pontua.

Já Camilla Duarte, da Ericsson, enfatiza que o 5G não será uma tecnologia ao alcance de todos, ao menos em sua primeira fase, já que o mercado irá direcioná-la apenas a certos nichos. Entretanto, com o passar do tempo, há de se observar uma mudança neste cenário.

Com informações do Convergência Digital