Cade aprova compra da Time Warner pela AT&T no Brasil

Por Redação | 18 de Outubro de 2017 às 16h43

Com restrições, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) acaba de aprovar a compra da Time Warner pela AT&T aqui no Brasil, onde a operadora de telefonia norteamericana tem participação na operadora de TV por assinatura Sky.

A Time Warner possui canais de televisão por assinatura como HBO, Warner Channel, TNT e CNN, além dos estúdios Warner Bros. Agora, para concretizar a aquisição, as duas empresas precisam se comprometer a atender os termos de um acordo fechado com o Cade, cujo objetivo é evitar que a nova empresa discrimine a concorrência no país.

Entre as condições do órgão, está a manutenção da Sky e da Time Warner como empresas distintas, sendo que a Time Warner deve oferecer todos os seus canais a outras operadoras de TV a cabo. Além disso, a Sky não poderá se recusar a transmitir conteúdo de outras produtoras. A compra ainda será analisada pela Anatel para que a aquisição seja concluída.

A transação vem sendo negociada desde o ano passado, com um valor de US$ 84,5 bilhões em pauta. A fusão gerará um grupo de mídia e tecnologia que deverá controlar uma grande quantidade de empresas de entretenimento no país. Por conta disso, a operação vem sendo contestada por associações de radiodifusão, que acreditam que a aquisição infrinja um artigo da lei de TV por assinatura, que, por sua vez, proíbe que empresas de telecomunicações (como a AT&T) tenham mais de 30% da participação em emissoras de conteúdo audiovisual.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.