Baixa qualidade da rede irrita usuários de internet móvel

Por Redação | 24.02.2016 às 11:30

Que a internet é cada vez mais parte da vida das pessoas, isso não é novidade nenhuma. Mas uma pesquisa realizada pela Ericsson mostrou que a conexão é tão intrínseca em nossas vidas que, para muita gente, os problemas de rede acabam sendo tão aterrorizantes quanto um filme de terror ou um problema de matemática complexo. Sim, para muitos usuários, se ver diante de um vídeo que não carrega ou um site que não abre, por exemplo, é mais tenso do que ficar em uma fila.

Quando se trata de smartphones, então isso é ainda pior. Em seu relatório de mobilidade, a Ericsson utilizou uma tecnologia para avaliar ondas cerebrais e sinais vitais dos usuários de internet e chegou à conclusão de que problemas de carregamento causam um aumento de cerca de 38% no nível de estresse das pessoas.

E, é claro, a recíproca também é verdadeira. De acordo com o estudo, a satisfação e bem-estar dos clientes aumenta cerca de 4,5% quando eles conseguem acessar um conteúdo com sucesso por meio de uma rede móvel. Isso, lógico, se traduz em uma maior fidelidade à operadora de telefonia e também em recomendação para os amigos. Muitas vezes, apenas uma demonstração pública de que tudo funciona, em uma mesa de bar, por exemplo, já é possível que a marca utilizada seja bem recebida.

Esse último aspecto, para a Ericsson, é o de maior importância, uma vez que a empresa prevê um aumento de 12 vezes no tráfego online pelos próximos seis anos em relação aos últimos seis. Apenas entre o último trimestre de 2014 e o mesmo período do ano passado, esse salto foi de 65%, e com a popularização cada vez maior das redes LTE, a tendência é que o aumento seja cada vez maior.

No topo dessa onda estão os vídeos e em um segundo lugar as redes sociais. As pessoas estão sempre se comunicando e mostrando coisas umas para as outras, compartilhando momentos e usando a rede ativamente em seu dia a dia. No que conclui o estudo, a operadora que melhor souber se adaptar a esse fluxo de dados e entregar qualidade nesse processo é a que tem mais chances de crescer e não apenas arrebanhar novos clientes, mas também ficar com aqueles que desistem da concorrência.

Fonte: Ericsson