Siga o @canaltech no instagram

Anatel pode homologar em breve Galaxy Fold no Brasil

Por Thaís Augusto | 08 de Abril de 2019 às 21h15
Samsung
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

O Galaxy Fold pode ser lançado no Brasil em breve. O celular dobrável da Samsung foi encontrado nesta segunda-feira (8) no sistema de homologação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O processo serve para que o produto possa ser comercializado no país.

Um dos primeiros usuários a identificar o Galaxy Fold no sistema da Anatel foi Cesar Cardoso, que compartilhou a descoberta na plataforma Pinguins Móveis. O smartphone dóbravel aparece com a denominação SM-F900F, assim como adiantou o site SamMobile. É a mesma versão que será comercializada na Europa, e deve apresentar suporte às redes 4G usadas no Brasil.

O modelo não contará com o processador Exynos. O firmware do SM-F900F menciona apenas o codinome interno do Snapdragon 855 (SM8150).

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Sistema da Anatel mostra que Galaxy Fold está em processo de homologação

O smartphone poderia chegar no Brasil para competir com o Huawei Mate X, que deve ser lançado até o final do ano, conforme declarou o executivo da Huawei para a América Latina, Carlos Solomón García.

Entretanto, ambos os aparelhos vão pesar (e muito) no bolso do consumidor. Tanto o Galaxy Fold quanto o Mate X serão vendidos na Europa por cerca de R$ 10 mil. O custo Brasil ainda tem potencial para puxar o preço ainda mais para cima.

É importante lembrar que a homologação pela Anatel não é garantia de que o produto será lançado no Brasil.

Procurados, Samsung e Anatel não retornaram o contato do Canaltech. A matéria será atualizada assim que recebermos um posicionamento.

Galaxy Fold

Galaxy Fold consegue rodar até três aplicativos ao mesmo tempo

Com 7,3 polegadas, o dispositivo chega em quatro cores diferentes e permite ao usuário escolher entre a experiência de um tablet ou smartphone. A Samsung trouxe o primeiro display infinito dinâmico em AMOLED do mundo, o que confere ao usuário muita versatilidade em modo multitarefa.

A tela do dispositivo se dobra ao meio, ou seja, ele não é um smartphone flexível, e sim dobrável. Graças a um novo tipo de polímero em camadas desenvolvido pela sul-coreana, o smartphone consegue ser dobrado como um caderno sem quebrar. No meio do gadget há uma dobradiça projetada com várias engrenagens para fazer com que ele seja aberto e fechado de modo bem natural, como se fosse um livro.

Quanto à performance, o Fold conta com processador de sete nanômetros e nada menos do que 12 GB de RAM, sendo, portanto, um dos smartphones mais potentes do mercado atual. Ainda, conta com 512 GB de armazenamento, e há duas baterias no dispositivo: uma abaixo de cada tela. Já sobre as câmeras, o Fold chega com incríveis seis sensores, sendo três na traseira, dois na parte interna e um outro na frente.

O Galaxy Fold rodará uma versão do sistema operacional Android 9 Pie que consegue adaptar aplicativos de acordo com o tamanho da tela. É possível manter até três aplicativos abertos ao mesmo tempo.

Fonte: Novos Pinguins, Sam Mobile e XDA-Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.