Venda da GVT para a Telefónica é aprovada pela Anatel

Por Redação | 24 de Dezembro de 2014 às 15h32

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) anunciou a aprovação do pedido de compra da GVT por parte da espanhola Telefónica. De acordo com informações da Reuters, a agência instituiu algumas condições para que o negócio pudesse ser aprovado.

O procedimento de aquisição da GVT começou em agosto deste ano, ficando sujeito a aprovação da agência reguladora. A Anatel, assim como o CADE, exigia que a Telefónica retirasse seu capital da Telecom Italia em 18 meses. Com o pagamento em torno de US$ 22 bilhões, sendo US$ 13 bilhões em ações da própria empresa e da Telecom Italia, a Telefónica adequou-se às exigências dos órgãos reguladores.

Deste modo, as ações que a companhia espanhola possui da Telecom Italia serão transferidas para a francesa Vivendi, que controla a GVT. As exigências da Anatel funcionam para impedir o monopólio da empresa espanhola no Brasil, visto que ela já é controladora da Vivo e possui ações da Telecom Italia no Brasil. A agência declarou ainda que não existe nenhum obstáculo que levasse à não aprovação da compra, mesmo que as operadoras sejam concorrentes.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Telefónica movimenta-se para implementar mudanças na GVT, ainda que o processo de aquisição seja finalizado apenas no começo de 2015. Quanto aos planos dos usuários, nenhuma informação sobre alteração foi divulgada.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.