Uso de serviços bancários via celular e computador bate recorde

Por Redação | 18.04.2013 às 09:00 - atualizado em 18.04.2013 às 09:49
photo_camera TechTudo

O uso do internet banking e do mobile banking, acesso de serviços bancários pelo computador e pelo celular, respectivamente, aumentaram 42% em 2012, colocando os meios digitais, pela primeira vez, à frente dos canais tradicionais, como os caixas eletrônicos. Os dados foram mostrados na pesquisa Tecnologia Bancária, realizada pela FEBRABAN, a Federação Brasileira de Bancos.

“Os dados apontam uma maior relevância do mundo virtual em relação ao mundo físico. O mobile banking continua crescendo exponencialmente, alavancado, principalmente, pelas transações sem movimentação financeira”, disse Luis Antonio Rodrigues, diretor setorial de Tecnologia e Automação Bancária da FEBRABAN.

Das 823 milhões de operações bancárias realizadas via celular em 2012, apenas 22 milhões envolveram uma movimentação financeira. Isto significa que a grande maioria das pessoas utiliza o celular apenas para verificar saldo ou fazer consultas, deixando pagamentos e transferências, por exemplo, para serem feitas no computador ou no caixa automático.

Bancos investem no digital

Com o acesso facilitado ao mobile e à internet banda larga, a tendência é que os usuários recorram cada vez mais aos serviços digitais. “Podemos concluir que as agências se tornarão, no futuro, centros de relacionamento com os clientes, dedicadas a operações com maior grau de complexidade”, afirmou Rodrigues.

Uma maior procura pelos serviços digitais também exigem dos bancos um melhor preparo na área de TI. Com isso em mente, o estudo revela que o gasto do setor bancário com recursos para a melhoria da experiência digital alcançou os R$ 21,1 bilhões, 9,5% a mais do que a quantia investida em 2011. Os bancos representam hoje 15% do total movimentado com TI no Brasil.