Testes descartam interferência de 4G na TV digital

Por Redação | 08.05.2014 às 17:26
photo_camera Divulgação

O sistema de banda larga móvel 4G não causa ruídos ou interferência no sistema de TV digital. Essa foi a conclusão de testes realizados na quarta-feira (07) pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Desta forma, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fica liberada para realizar a licitação da faixa de 700 MHz em agosto.

De acordo com a própria Abinee, os testes foram realizados em Aparecida (SP) e tiveram a chancela de grupos interessados, como a Alcatel-Lucent, Motorola Solution, Nokia e Qualcomm. O estudo é uma resposta à Sociedade Brasileira de Engenharia da Televisão (SET), que, em fevereiro, afirmou que a exploração da faixa de 700 MHz pode causar interferência na transmissão da TV digital aberta.

“Os estudos apontaram que, mesmo nas eventuais situações desfavoráveis, a convivência entre os dois sistemas é sempre possível, desde que aplicadas técnicas de mitigação”, comentou o diretor do grupo setorial de telecomunicações da Abinee, Luciano Cardim, após a avaliação feita por especialistas do Centro de Estudos em Telecomunicações (CETUC) da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro.

Os testes foram feitos com estações rádio base, TVs, chips e celulares, em situações comerciais, e também em situações extremas. “As situações práticas em campo apresentaram melhor desempenho que as avaliações teóricas e laboratoriais, o que reforça a possibilidade de convivência entre os sistemas. As interferências identificadas são perfeitamente mitigáveis”, disse o professor Carlos Rodriguez, da CETUC/PUC-RJ.

Com a liberação, a Abinee reiterou o apoio ao leilão para a faixa de 700 MHz e também já fez coro para que o espectro de 45+45 MHz seja mantido, já que é possível que ele seja modificado para 40+40 MHz.

Fonte: http://www.abinee.org.br/noticias/com249.htm