O crescimento do Brasil pressiona as Telecomunicações com novos desafios

Por Colaborador externo | 30 de Maio de 2013 às 10h05

Por Udi Geismar*

O mercado de telecomunicações no Brasil está crescendo e as empresas precisam se preparar para os desafios gerados pela demanda de infraestrutura e serviços. Puxada pelo setor de consumo e corporativo, a demanda de tráfego de dados aumentará no mercado local cerca de oito vezes até 2016, exigindo maiores investimentos em infraestrutura de comunicação e serviços para atender o consumo local e os picos de uso gerados por grandes eventos como a Copa do Mundo e as Olímpiadas.

A associação GSMA, que congrega operadoras de celular, prevê que a Copa do Mundo, por exemplo, deverá trazer mais de 1 milhão de conexões em roaming, gerando 300% do tráfego de dados normal por um período de oito semanas. E durante as Olímpiadas em Londres a sobrecarga foi sete vezes maior em relação à Pequim, em 2008. Para garantir o serviço as empresas precisam gerenciar melhor seus recursos e força de trabalho, completando a infraestrutura necessária e atendendo os clientes conforme suas necessidades.

Para atingir esse objetivo as soluções de gestão de pessoas, softwares que podem gerenciar parte ou toda a força de trabalho móvel, maximizam a capacidade produtiva com soluções em tempo real. A empresa pode deslocar o profissional com melhor capacitação, disponibilidade de equipamentos correta e maior proximidade de cada solicitação, para um reparo ou instalação de novas linhas e produtos, cortando custos de operação e melhorando o tempo de serviço.

Num dia comum isso significa que mais inspeções e correções serão completadas, mais linhas conectadas e mais antenas instaladas, com um aumento médio de 17% da produtividade para as empresas. Enquanto o despachante controla melhor a força de trabalho, o técnico também pode acompanhar em tempo real o cronograma e atualizar as ordens de serviço ao longo do dia, permitindo alterar atividades entre os técnicos ou notificar o cliente quanto a atrasos conforme necessário.

As operadoras já encontraram desafios anteriormente em atender seus clientes, em 2012, por exemplo, as operadoras de telefonia móvel foram campeãs em reclamações do Procon. Com soluções de gerenciamento de pessoas chegando ao Brasil, as empresas de telecomunicação podem aperfeiçoar seu negócio, por meio de planejamento otimizado, agendamento, mobilidade e análise, garantindo que sua força de trabalho seja eficiente e satisfaça seus clientes.

Em períodos de pico, como o esperado para os grandes eventos no país, a solução gestão de pessoas pode garantir o melhor nível de satisfação do cliente reduzindo o tempo de espera e a janela de atendimento. O cliente recebe um período no qual aguardar o técnico menor, entre às “14:00 e às 16:00 do dia x” ao invés de “nas próximas 48 horas”, por exemplo. Com agendamentos mais precisos e avisos de atrasos em tempo real o cliente não ficará preso ou frustrado esperando um técnico para um reparo o dia inteiro. É uma solução benéfica para todos os envolvidos nas operações em campo.

* Udi Geismar é vice presidente da ClickSoftware para América Latina.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.