Número de conexões móveis em todo o mundo deve atingir 9,5 bilhões em 2019

Por Redação | 21 de Janeiro de 2015 às 12h46
photo_camera Divulgação

Um novo relatório feito pela empresa de pesquisa iGR prevê que o número de conexões móveis em todo o mundo passe de 6,9 milhões, alcançados em 2014, para 9,5 bilhões em 2019. O aumento contínuo do uso de dispositivos conectados, entre eles smartphones, tablets e até mesmo carros, é o responsável pela projeção.

O estudo aponta ainda que, em quatro anos, a taxa de penetração global da telefona móvel deve atingir 125%, um aumento considerável em relação aos 96,4% alcançados no ano passado. Mas como é possível que essa taxa ultrapasse 100%? Simples: um usuário muitas vezes têm diversas conexões diferentes, como, por exemplo, um plano de dados, um hotspot móvel e um modem embutido em um carro conectado.

A verdade é que a Internet das Coisas está criando cada vez mais serviços e dispositivos conectados ao redor do mundo. Em alguns mercados, especialmente os emergentes, os dispositivos móveis são considerados a principal ferramenta de comunicação de voz e dados; muitas vezes tornando-se a única maneira de os usuários se conectarem à internet.

O estudo também destaca que, entre 2014 e 2019, muitos usuários móveis migrarão para as redes 4G. No ano passado, mais da metade das conexões foram feitas via 2G, mas nos próximos cinco anos o 3G deve dominar o mercado mundial – mesmo que ele já seja considerado ultrapassado por boa parte dos usuários de alguns países.

As redes 4G, responsáveis por apenas 6% das conexões ao redor do mundo em 2014, também devem apresentar um rápido crescimento nos próximos anos. Atualmente, a América do Norte está muito à frente em termos de implantação de 4G LTE, mas o estudo diz que em 2019 outras regiões serão capazes de competir pela coroa do 4G.

No Brasil, por exemplo, o Ministério das Comunicações já anunciou que vai ajudar as operadoras de telefonia móvel na construção de novas redes para as tecnologias 3G e 4G.

Fonte: Phone Arena

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.