Diretores da TIM e Telecom Italia não discutem venda, afirma operadora

Por Redação | 31 de Outubro de 2014 às 16h26

Após uma matéria da Folha de S.Paulo ser publicada afirmando que a Claro, Vivo e Oi haviam fechado um acordo para apresentar uma proposta de compra pela TIM, a empresa afirmou nesta sexta-feira (31) que seus diretores e a controladora, Telecom Italia, não estão participando de nenhuma negociação que envolveria a venda da operadora.

“A companhia informa que ambos os diretores e a Telecom Italia não têm qualquer conhecimento e não estão tomando parte em qualquer discussão que visa uma possível venda da companhia”, informou a TIM por meio de um comunicado, de acordo com a agência Reuters.

A TIM, segunda maior operadora do Brasil, teve uma alta nas suas ações nesta sexta-feira após os rumores de venda, com crescimento de mais de 12% às 13h09. Pela manhã, o jornal publicou que os grupos de telecomunicações Claro, Vivo e Oi fecharam um acordo para fazer uma oferta de compra da TIM.

A notícia gerou expectativa no mercado e as ações da Oi chegaram a subir mais de 20%, uma alta que não era vista desde outubro de 2008. Com uma dívida de R$ 42 bilhões, analistas acreditam que a Oi tenha chances de recuperar força no mercado com uma possível combinação com a TIM.

Em meados de outubro, o presidente-executivo da Telecom Italia, Marco Patuano, já tinha afirmado que a TIM não estava à venda e que a empresa teria recursos disponíveis para investir em suas redes de telecomunicações no Brasil. Na mesma ocasião, no entanto, ele afirmou que a Telecom Italia não deixaria de avaliar possíveis ofertas que gerassem lucro aos acionistas.

Um dia antes da reportagem da Folha ser veiculada, a Oi afirmou em comunicado ao mercado que não havia nenhuma definição ou acordo que visasse a compra da TIM.

Fonte: http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN0IK1O220141031

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.