Desempenho de internet móvel de Tim e Oi está abaixo da média, informa Anatel

Por Redação | 28 de Outubro de 2013 às 13h01

Oi e TIM foram as empresas de telefonia que atuam no Brasil com pior índice de avaliação nos serviços de banda larga móvel, de acordo com aferição realizada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) durante o mês de setembro. Esse resultado aconteceu porque essas empresas não alcançaram as metas estipuladas pela Agência em alguns estados brasileiros. No caso da brasileira Oi, as metas de velocidade instantânea em Alagoas e Bahia não foram atingidas. Já no Sergipe, tanto velocidade média quanto instantânea ficaram abaixo do que é exigido.

A velocidade instantânea da TIM deixou a desejar em alguns dos maiores mercados do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Espírito Santo. Entre as operadoras móveis, a Claro, da mexicana América Móvil, foi a única a ficar dentro de todas as metas estipuladas para o período.

A velocidade instantânea é, basicamente, a velocidade de upload e download apurada no momento de utilização da internet. Já a velocidade média é o resultado médio das medições de velocidade instantânea coletadas durante o período, neste caso, em setembro.

De acordo com matéria veiculada no UOL, a TIM garantiu estar atenta às oportunidades de melhora da taxa de velocidade instantânea em algumas localidades e afirmou que tem realizado investimentos focados na ampliação e na otimização de sua rede. A Oi afirma já ter mapeado as situações em que as metas não foram alcançadas e que está analisando e tratando esses problemas.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.