Core Wireless perde processo contra a Apple sobre patentes de conexão sem fio

Por Redação | 18 de Março de 2015 às 18h46
photo_camera Divulgação

O Tribunal Federal do Texas, nos Estados Unidos, finalmente deu o veredito de um processo que teve início há mais de três anos. O caso se trata da possível violação da Apple sobre as patentes da Core Wireless Licensing, que foram adquiridas pela Nokia em 2011. Para o júri, a companhia não é culpada.

A Core Wireless, que atualmente é subsidiária da Conversant, dizia que a Apple estava utilizando, sem permissão, as suas cinco patentes de tecnologia sem fio em iPhones, iPads e outros produtos. A empresa pedia o ressarcimento de, aproximadamente, US$ 100 milhões, mas a companhia da Maçã afirmou que pagaria apenas US$ 1 milhão pelas patentes.

O decisão aconteceu na última segunda-feira (16) e o júri considerou que a Apple não deve nada à Core Wireless, visto que estes tipos de patentes são consideradas essenciais à tecnologia e a indústria atual.

A Conversant adquiriu a Core Wireless em 2011, juntamente com 2 mil patentes da Nokia e de aplicativos. Na época, a Microsoft havia feito um acordo com a Nokia para ter parte destas licenças.

De acordo com um porta-voz da Microsoft, a companhia já não tem mais nenhuma participação financeira com a Core Wireless e não saberia dizer se a Nokia receberia parte do dinheiro caso a Apple perdesse o processo.

Via CNET.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.