Claro, Vivo e Oi fecham acordo de compra da TIM

Por Redação | 31 de Outubro de 2014 às 10h20

Em um acordo fechado com o banco BTG Pactual, as operadoras Claro, Vivo e Oi negociaram a compra da TIM Brasil. A ideia é repartir a empresa, que atualmente é a segunda maior operadora de telefonia do país, em três partes.

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, a Claro será a operadora que mais se beneficiará com a transação, já que assumirá 40% da TIM. Já a Vivo terá participação de 32% e a Oi, 28%. Mas, apesar de ficar com uma fatia menor da empresa, a Vivo ainda seguirá como líder do mercado devido à recente compra da GVT.

A venda deve ser finalizada na próxima semana, mas ainda será necessário o acerto de alguns pontos: a aceitação da oferta pelos acionistas da Telecom Italia, dona da TIM Brasil, e a venda da Portugal Telecom, em Portugal, por parte da Oi. O negócio ainda não teve seu valor final definido, mas rumores apontam que ele pode chegar a impressionantes R$ 31,5 bilhões.

O destino dos atuais clientes da TIM Brasil também não foi definido ainda. Caso o acordo seja mesmo fechado, caberá à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidir como a divisão da base de clientes da operadora será feita e, entre outras coisas, a possibilidade de manter os atuais planos e condições adotados pela companhia.

Atualização: os diretores da TIM e Telecom Italia não discutem a venda da empresa. A companhia informa que eles não têm nenhum conhecimento nem estão tomando parte em discussões que visam uma possível venda da companhia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.