Claro, Vivo e Oi fecham acordo de compra da TIM

Por Redação | 31 de Outubro de 2014 às 10h20

Em um acordo fechado com o banco BTG Pactual, as operadoras Claro, Vivo e Oi negociaram a compra da TIM Brasil. A ideia é repartir a empresa, que atualmente é a segunda maior operadora de telefonia do país, em três partes.

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, a Claro será a operadora que mais se beneficiará com a transação, já que assumirá 40% da TIM. Já a Vivo terá participação de 32% e a Oi, 28%. Mas, apesar de ficar com uma fatia menor da empresa, a Vivo ainda seguirá como líder do mercado devido à recente compra da GVT.

A venda deve ser finalizada na próxima semana, mas ainda será necessário o acerto de alguns pontos: a aceitação da oferta pelos acionistas da Telecom Italia, dona da TIM Brasil, e a venda da Portugal Telecom, em Portugal, por parte da Oi. O negócio ainda não teve seu valor final definido, mas rumores apontam que ele pode chegar a impressionantes R$ 31,5 bilhões.

O destino dos atuais clientes da TIM Brasil também não foi definido ainda. Caso o acordo seja mesmo fechado, caberá à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidir como a divisão da base de clientes da operadora será feita e, entre outras coisas, a possibilidade de manter os atuais planos e condições adotados pela companhia.

Atualização: os diretores da TIM e Telecom Italia não discutem a venda da empresa. A companhia informa que eles não têm nenhum conhecimento nem estão tomando parte em discussões que visam uma possível venda da companhia.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.