Chamadas de fixo para celular ficarão mais caras

Por Redação | 15 de Agosto de 2014 às 17h00

Nesta quinta-feira, 14, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou o reajuste de 1,5% nas tarifas-teto das chamadas de telefones fixos para aparelhos móveis. O reajuste é válido para ligações locais e de longa distância para celulares, de acordo com a agência de notícias Reuters.

O conselheiro da Anatel e relator do processo, Jarbas Valente, afirmou que as operadoras praticam preços inferiores, apesar do reajuste. Valente lembrou ainda que os preços reajustados já haviam sofrido um desconto de 12% desde março deste ano devido à queda nas tarifas de interconexão do setor.

Além disso, a Anatel informou que o Índice de Serviços de Telecomunicações (IST) que corrige os preços do setor seria de 8,71% para o período considerado para a realização do reajuste, que foi de junho de 2012 a junho de 2013. No entanto, devido a consideração do Fator X, que realiza o desconto dos ganhos de produtividade alcançados pelas empresas, que foi de 6,078%, o aumento final para a aplicação do reajuste foi de apenas 1,5%.

A agência também determinou nesta quinta-feira a redução em 5,27% nas tarifas das chamadas de fixo para o chamado SME (Serviço Móvel Especializado), que é operado, por exemplo, pela Nextel.

As novas tarifas valem após a publicação no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer na próxima semana, segundo Valente.

Fonte: http://br.reuters.com/article/internetNews/idBRKBN0GE22L20140814

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.