'Bolsa-novela': governo estuda a doação de conversores para pessoas de baixa renda

Por Redação | 07 de Fevereiro de 2013 às 17h30

O Ministério das Comunicações anunciou nesta quinta-feira (7) que estuda a doação de conversores digitais para a população de baixa renda, a fim de popularizar a TV digital no país. A medida já está sendo chamada de 'Bolsa-novela'. As famílias que receberão os aparelhos, caso o projeto seja aprovado, são as que já participam do 'Bolsa-família', do governo federal.

A ideia para o projeto é discutida, pois o governo federal quer desocupar a faixa de 700MHz, atualmente usada pela TV analógica, para ser empregada na conexão de internet móvel da quarta geração (4G) – o novo leilão do 4G está previsto para fevereiro e março de 2014, com seu edital do sendo concluído entre novembro de dezembro deste ano.

O governo também estuda a concessão de incentivos fiscais para a compra de decodificadores de sinal e de novos aparelhos televisores, visando encerrar a transmissão analógica de televisão no país. No entanto, o ministro Paulo Bernardo afirmou que o governo estuda o impacto financeiro da proposta antes de implementá-la efetivamente.

A frequência de 700MHz é muito desejada pelas operadoras de telefonia móvel para a conclusão de suas redes de transmissão do sinal da quarta geração, já que ela possui uma abrangência melhor, com as antenas que funcionam neste espectro podendo enviar o sinal a até 40 quilômetros de distância. O espectro da TV digital (2,5MHz), por sua vez, tem cobertura máxima de seis quilômetros.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.