Anatel tem planos de instalar rede Wi-Fi em 300 mil orelhões no país

Por Redação | 20 de Agosto de 2013 às 11h49
Tudo sobre

Anatel

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) anunciou nesta segunda-feira (19) os planos para a instalação de redes Wi-Fi em cerca de 300 mil orelhões espalhados pelo país, segundo informações do jornal A Folha de S. Paulo. Outros 400 mil, o equivalente a 40% do total, orelhões serão desativados.

"Nós temos hoje um milhão de orelhões e a maioria deles é subutilizada. A ideia é modernizarmos 300 mil", afirmou João Rezende, presidente da Anatel, durante evento na Associação Comercial do Rio de Janeiro. O presidente afirmou que parte dos orelhões permanecerá como hoje em dia, com os aparelhos sendo mantidos para atender regiões onde são muito usados.

O órgão estima que 300 mil orelhões possam ser mantidos com o funcionamento convencional, 300 mil modernizados com a rede Wi-Fi e outros 400 mil desativados. As mudanças devem acontecer durante a revisão do contrato de concessão dos orelhões, com consulta pública marcada para começar em março de 2014. Estima-se que os novos orelhões começarão a funcionar entre 2015 e 2016.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

João Rezende afirmou que alguns estudos ainda precisam ser feitos sobre os métodos de tarifação, formato da utilização do sistema e decidir quem irá ser o responsável pela instalação do Wi-Fi nos orelhões. E a desativação de 400 mil orelhões se dará devido a necessidade da realização de uma troca de contratos. "A empresa, para fazer investimento no Wi-Fi, precisa baixar o custo dos orelhões. O contrato de concessão prevê equilíbrio econômico-financeiro deste investimento", explicou.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.