Anatel tem planos de instalar rede Wi-Fi em 300 mil orelhões no país

Por Redação | 20 de Agosto de 2013 às 11h49

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) anunciou nesta segunda-feira (19) os planos para a instalação de redes Wi-Fi em cerca de 300 mil orelhões espalhados pelo país, segundo informações do jornal A Folha de S. Paulo. Outros 400 mil, o equivalente a 40% do total, orelhões serão desativados.

"Nós temos hoje um milhão de orelhões e a maioria deles é subutilizada. A ideia é modernizarmos 300 mil", afirmou João Rezende, presidente da Anatel, durante evento na Associação Comercial do Rio de Janeiro. O presidente afirmou que parte dos orelhões permanecerá como hoje em dia, com os aparelhos sendo mantidos para atender regiões onde são muito usados.

O órgão estima que 300 mil orelhões possam ser mantidos com o funcionamento convencional, 300 mil modernizados com a rede Wi-Fi e outros 400 mil desativados. As mudanças devem acontecer durante a revisão do contrato de concessão dos orelhões, com consulta pública marcada para começar em março de 2014. Estima-se que os novos orelhões começarão a funcionar entre 2015 e 2016.

João Rezende afirmou que alguns estudos ainda precisam ser feitos sobre os métodos de tarifação, formato da utilização do sistema e decidir quem irá ser o responsável pela instalação do Wi-Fi nos orelhões. E a desativação de 400 mil orelhões se dará devido a necessidade da realização de uma troca de contratos. "A empresa, para fazer investimento no Wi-Fi, precisa baixar o custo dos orelhões. O contrato de concessão prevê equilíbrio econômico-financeiro deste investimento", explicou.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.