Anatel quer que operadoras bloqueiem o sinal de telefones piratas em 2014

Por Redação | 30 de Março de 2013 às 12h58

Agora é oficial: a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deu aval para que, a partir de 2014, as operadoras de telefonia móvel bloqueiem chamadas feitas por celulares piratas.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, as teles devem usar a tecnologia a seu favor para bloquear o uso desse tipo de aparelho. A solução vai envolver o número de identificação internacional do equipamento móvel, mais conhecido como IMEI, e o código de registro do chip habilitado pela operadora, o IMSI.

Um cadastro nacional de IMEIs vai ajudar as teles a cruzar o número do IMEI com o IMSI, o que permitirá que as empresas saibam quem está realizando a chamada e em que aparelho. Logo, elas vão descobrir se o aparelho é original ou "xing ling", pois caso ele não seja legítimo, o IMEI será igual ao de outro telefone, ou então constará como inexistente no catálogo mundial de celulares, já que o novo sistema das operadoras cruzará a lista de registros nacionais e internacionais.

Esses aparelhos piratas geralmente são contrabandeados e acabam vendidos em camelôs ou sites brasileiros, e seu uso tem gerado reclamações dos fabricantes de celulares que trabalham legalmente no país. A nova medida da Anatel visa melhorar a segurança dos usuários, pois esses aparelhos piratas não são submetidos aos devidos testes e podem causar riscos de exposição a radiação em excesso ou até mesmo explosão das baterias.

Além disso, os índices de qualidade do serviço das operadoras de telefonia também devem aumentar, já que uma análise recente mostrou que cerca de 10% das chamadas caem porque são realizadas por aparelhos piratas, prejudicando assim o índice de qualidade das teles.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.