Anatel deve aprovar nova faixa para rede 4G ainda hoje

Por Redação | 31 de Outubro de 2013 às 12h31
photo_camera PPL Ware

A faixa de 700 megahertz deve ser destinada para a telefonia móvel e internet de quarta geração. A decisão vem da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que pode aprovar já nesta quinta-feira (31) o uso da frequência para o 4G. Atualmente, o sinal é ocupado pelos canais 52 a 69 da TV aberta.

Segundo a revista EXAME, a Anatel deve abrir consulta pública para calcular os gastos totais da migração e do replanejamento dos canais. As operadoras de telefonia vão arcar com os custos de migração dos canais afetados para outras locações, como também com as despesas para combater a interferência do sinal de 4G na transmissão de TV nos locais com maior concentração de usuários.

A ideia é tranquilizar o setor de radiodifusão, preocupado com os custos e problemas que a migração pode trazer nas grandes cidades. Em 4,8 mil municípios, a faixa já está totalmente desocupada.

O edital da faixa de 700 MHz só será publicado depois que os valores estiverem definidos, mas a data limite para o leilão da frequência é até maio de 2014. Todas as metas de cobertura de 4G deverão ser cumpridas a partir da autorização do edital.

A agência vai oferecer quatro faixas nacionais para a frequência de 700 MHz – na época do leilão da faixa, cada uma das quatro grandes operadoras de telefonia celular (Claro, Oi, Tim e Vivo) adquiriu um lote de abrangência nacional. Cada lote nacional deverá ter 10 MHz + 10 MHz, mas a Anatel estuda oferecer um lote único de 40 MHz + 40 MHz em cidades menores de até 30 mil habitantes. Os lotes são oferecidos em pares para que uma parte sirva para download e outra para upload de dados.

Vale lembrar que outras empresas podem se interessar pelos lotes, como a GVT, a Nextel ou ainda um grupo internacional.

As frequênciais de 700 MHz e 2.5 GHz servem para a mesma tecnologia. A diferença é que a primeira deve ser usada em áreas com menor concentração de usuários (por necessitar de menos antenas), enquanto a segunda é voltada para locais com mais habitantes e menor raio de cobertura.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!