Anatel aprova o acordo de compartilhamento de infraestrutura 4G entre TIM e Oi

Por Redação | 19 de Abril de 2013 às 10h05
photo_camera Kero Dicas

No final do mês de março, TIM e Oi anunciaram um novo acordo para o compartilhamento de antenas de internet móvel da quarta geração (4G), para acelerar o processo de adoção da nova conexão. E nesta quinta-feira (18), o conselho diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou o acordo das duas operadoras, permitindo o compartilhamento da infraestrutura 4G na faixa dos 2,5GHz. As informações são do jornal A Folha de S.Paulo.

A decisão da Anatel não permite o compartilhamento das frequências adquiridas no leilão do 4G, mas abriu um novo precedente para o compartilhamento da 'infraestrutura ativa' entre operadoras, que envolve equipamentos de transmissão e de tecnologia da informação como, por exemplo, a estação rádio-base. "O modelo apresentado pela Oi e TIM inova dando novo passo para o compartilhamento de infraestrutura ativa", afirmou Rodrigo Zerbone, conselheiro da Anatel.

Zerbone ainda ressaltou que cada companhia poderá escolher localidades distintas para o investimento no 4G e poderão compartilhá-los em ofertas de serviço. No entanto, as companhias parceiras deverão manter investimentos individuais e atuar no mercado separadamente. Tanto TIM como Oi não revelaram os detalhes comerciais do seu acordo, mas garantem que tudo foi feito para que o consumidor final não seja prejudicado.

A agência afirma que os principais benefícios ao consumidor são o repasse da redução dos custos com operações, porporcionada pelo acordo de compartilhamento das duas companhias, aos serviços de telefonia móvel, ou seja, é bem provável que os clientes das operadoras sintam esta diminuição no bolso.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.