Anatel aprova norma para reduzir 90% do valor das chamadas entre operadoras

Por Redação | 19 de Junho de 2014 às 11h06
Tudo sobre

Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta quarta-feira (18), uma norma que deve reduzir o valor das ligações entre celulares de operadores diferentes. A proposta aponta que o Valor de Remuneração de Uso de Rede da telefonia móvel (VU-M), taxa paga pelas operadoras para usar a rede de outra empresa, deve ser reduzido em mais de 90% até 2019, passando dos atuais R$ 0,23 para R$ 0,02. As informações são da Agência Brasil.

Para a Anatel, a redução deve ter impacto direto no bolso do consumidor nos próximos anos, com a redução dos preços de interconexão sendo repassada para os usuários. Tal mudança deve aumentar ainda mais a competividade entre as empresas de telefonia móvel no país. Segundo a proposta, os valores das tarifas estarão referenciados aos custos e terão redução gradativa.

A agência regulamentadora acredita que, com a redução do VU-M, o preço das chamadas entre operadoras diferentes ficará próximo aos preços cobrados pelas ligações para a mesma operadora. Um dos objetivos da aprovação é que no futuro o usuário do serviço não tenha a necessidade de ter vários aparelhos celulares ou chips para não precisar realizar as chamadas entre operadoras diferentes.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Não apenas os preços das chamadas entre celulares de operadoras diferentes serão impactados com a mudança. A Anatel ainda espera que essa redução atinja o preço das chamadas fixo-móvel, que também terão uma queda substancial.

Para aprovar a nova norma, o conselho diretor da Anatel levou em consideração os impactos causados pelas reduções do VU-M feitas em 2012 e 2013. Essas mudanças não geraram resultados negativos para o setor e também não diminuiram o investimento ou lucro das empresas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.