Acordo entre países e operadoras vai deixar ligações internacionais mais baratas

Por Redação | 19 de Dezembro de 2012 às 16h35

A reunião da União Internacional das Telecomunicações (UIT), realizada em Dubai entre os dias 3 e 14 de dezembro, foi produtiva para o Brasil. Na verdade os consumidores é quem sairão ganhando, já que devem começar a pagar mais barato em ligações internacionais.

Outro acordo que foi favorável para o país diz respeito à instalação de pontos de tráfego regionais, que são gratuitos. Ambas as propostas foram apresentadas e incluídas nos tratados do grupo que se reuniu em Dubai. Agora eles serão discutidos pelos países integrantes e podem ser implantados em 2013.

A proposta de redução de custo do roaming internacional (DDI) surgiu após o fechamento de acordos entre empresas do setor e alguns países. Espera-se ainda que outros acordos, que dizem respeito à redução de tributos, também sejam firmados. Esta é uma decisão que pode refletir diretamente no preço final pago pelo consumidor em suas ligações.

A tributação referente a esses serviços é muito alta, e pode corresponder a cerca de 70% do valor do roaming internacional. Os impostos arrecadados anualmente no Brasil com esse setor chegam a R$ 500 milhões.

Já a questão dos pontos de trocas de tráfego (PTTs) regionais, que são uma forma facilitada de se realizar a troca de tráfego entre múltiplas redes, permite que a transmissão de dados e de voz seja gratuita quando trafegarem por esses pontos, barateando o custo final para o consumidor.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.