4G pode chegar a 15 cidades brasileiras ainda este ano

Por Redação | 29 de Abril de 2013 às 19h20

Novos destinos para a instalação da tecnologia 4G no Brasil estão prestes a ser anunciados. De acordo com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, as operadoras de telefonia móvel no país deverão disponibilizar a tecnologia 4G a outras cidades, além das que sediarão a Copa das Confederações, totalizando 15 municípios. O ministro deixou claro que, apesar da ampliação do número de cidades, as sedes da Copa são prioritárias. As informações são da Agência Brasil.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) estabeleceu um cronograma permitindo que as operadoras de telefonia móvel que ainda não adquiriram espectros da frequência LTE no leilão tenham até terça-feira (30) para cobrir 50% das áreas das seis cidades-sede da Copa: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador.

"As empresas já demonstraram que vão atender a mais do que isso, não apenas em cobertura, mas também em número de cidades que serão abrangidas. A notícia que a gente tem, embora algumas empresas ainda fiquem, por razões comerciais, escondendo as suas intenções, é que o número de cidades vai ultrapassar bastante as seis. E com certeza vai ser um serviço com bastante aceitação", disse Bernardo.

Além das cidades-sede da Copa das Confederações

A Claro já lançou o serviço 4G em São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Campos do Jordão, Paraty e Búzios. A Vivo deve anunciar amanhã (30), em uma coletiva de imprensa, sua cobertura em São Paulo. A Oi e a TIM, que compartilharão estrutura de telecomunicações, ainda precisam detalhar, até amanhã, seus planos de investimentos na nova tecnologia.

De acordo com João Rezende, presidente da Anatel, a agência irá fiscalizar o início da oferta do serviço no Brasil. "Estamos acompanhando a cobertura de cada cidade, tem que ter oferta comercial a partir de amanhã e vamos fiscalizar o cumprimento desse quesito do edital", conclui.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.