Xiaomi Mi Pad 5 tem especificações reveladas indicando uso do Snapdragon 870

Por Gustavo de Lima Inacio | Editado por Wallace Moté | 19 de Março de 2021 às 07h20
Reprodução/Gizchina

O mercado de tablets, principalmente os que rodam o sistema operacional Android, tem estado bem morno nos últimos anos, com poucos lançamentos de grande destaque e com a Samsung sendo praticamente uma das únicas que tem trazido novidades para este nicho. Mas, a Xiaomi, que ficou de fora desde o ano de 2018 quando lançou o Mi Pad 4, está com o Mi Pad 5 engatilhado para apresentá-lo ao público.

Ele já apareceu anteriormente em uma renderização, com um visual que lembra muito o Xiaomi Mi 11, apresentado oficialmente em 28 de dezembro do ano passado, e teve parte de suas especificações reveladas. Hoje, vemos mais detalhes de suas características técnicas, graças a publicação de um leaker conhecido como @panda na rede social chinesa Weibo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Segundo o que foi revelado, o Mi Pad 5 chegará com dois processadores diferentes, sendo um deles com o Qualcomm Snapdragon 870, que é uma versão turbinada do Snapdragon 865 Plus presente em celulares como o Galaxy Z Fold 2, e o outro com o MediaTek Dimensity 1200. Comparando com o Mi Pad 4, de três anos atrás, com o seu Snapdragon 660, o avanço em performance vai ser grande independente do chipset.

(Imagem: Reprodução/Weibo/Gizchina)

Um deles deve chegar como Mi Pad 5, enquanto o outro será vendido como Mi Pad 5 Pro, mas no restante das especificações técnicas eles devem ser praticamente idênticos. Assim, espere por uma mesma tela de 10,95 polegadas com tecnologia LCD e resolução Quad HD, que contará com uma maior taxa de atualização, mais precisamente 144 Hz, ao invés da taxa padrão de 60 Hz.

Por fim, ainda é falado que o tablet terá um leitor de impressões digitais físico presente na lateral do aparelho, e que ele terá pelo menos duas câmeras traseiras, sendo uma de 20 MP e outra de 13 MP, mas sem deixar claro quais as funções de cada um delas. De qualquer maneira, outros detalhes como memórias, tamanho de bateria e velocidade de carregamento não estão muito claras, restando aguardarmos por novos vazamentos e certificações para ter uma ideia melhor do que esperar da volta da Xiaomi ao mercado de tablets.

Fonte: Weibo, Android Headlines

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.