Vendas do iPad Pro na China desapontam

Por Redação | 23 de Dezembro de 2015 às 12h40

O iPad Pro, novo tablet da Apple, não conseguiu alcançar as vendas esperadas para o primeiro mês após o lançamento na China. De acordo com pesquisa realizada pela chinesa TalkingData, foram vendidos apenas 49 mil unidades do dispositivo em território chinês.

O que provavelmente levou os chineses a desistirem de comprar o iPad Pro foi o seu preço, comercializado em aproximadamente US$ 908 (CNY5,888). Além disso, os consumidores têm enfrentado dificuldades em encontrar o dispositivo nas prateleiras das lojas, o que certamente impacta na quantidade das vendas.

Comparado aos outros modelos da Apple, o iPad Pro ficou muito aquém da expectativa. O iPad Air 2 alcançou 557 mil embarques no primeiro mês de vendas na China, enquanto que o iPad Mini 4 teve 92 mil embarques no mês inicial. Vale lembrar que esses números não significam que todas as unidades foram vendidas, mas sim a quantidade de dispositivos que chegaram até às lojas.

É importante levar em consideração também que os números são apenas da China e que o dispositivo pode ter alcançado boas vendas nos Estados Unidos e em outros países. Alguns analistas de mercado afirmam que as vendas mundiais do iPad Pro possam chegar a 3 milhões de unidades nos primeiros três meses após o lançamento, o que geraria uma receita de US$ 2,4 bilhões.

Fonte: Digitimes

Fonte: http://www.digitimes.com/news/a20151222PD205.html