Novo estudo mostra que mercado de tablets continua em declínio

Por Ramon de Souza | 03 de Maio de 2018 às 18h35
photo_camera Divulgação

Temos observado o mercado de tablets entrar em constante declínio ao longo dos últimos anos, e uma recente pesquisa efetuada pelo instituto IDC, especialista em análises de mercado, acaba de provar que a situação não mudou muito durante o primeiro trimestre de 2018. Em comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas globais desse tipo de gadget sofreram uma queda de 11,7% ano a ano.

As únicas fabricantes que ainda conseguem manter um sucesso razoável nesse setor são a Apple, a Huawei e a Lenovo, com crescimento de, respectivamente, 2,1%, 13% e 1,8%. A Maçã segue no topo como rainha desse mercado, tendo vendido 9,1 milhões de dispositivos neste trimestre e conquistando 28,8% do market share. Em seguida, temos a Samsung, que, embora tenha vendido menos do que em 2017, conseguiu comercializar 5,3 milhões de produtos e abocanhar uma fatia de 16,7%.

O que mais assusta no relatório do IDC é o péssimo desempenho da Amazon. A companhia sofreu uma queda de absurdos 49,5% em comparação com o ano passado, tendo vendido apenas 1,1 milhão de tablets nestes primeiros meses de 2018 (em 2017, nesse mesmo período, ela havia vendido 2,2 milhões). No total, somando os resultados de todas as marcas, foram comercializados 31,7 milhões de dispositivos — 4,1 milhões a menos do que há doze meses atrás.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: MSPoweruser

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.