Microsoft estaria trabalhando em um tablet dobrável

Por Redação | 27 de Outubro de 2017 às 13h45
photo_camera Ryan Smalley
TUDO SOBRE

Microsoft

A Microsoft recentemente confirmou que não iria mais apostar em smartphones, após perder a guerra dos sistemas operacionais mobile para Apple e Google. Mas isso não significa que a empresa desistiu do setor móvel.

Os mais recentes rumores indicam que a gigante americana estaria desenvolvendo um tablet dobrável com suporte a caneta e ao Windows Ink, o sistema de reconhecimento da escrita na tela que já está embarcado no Windows 10. Com este aparelho a Microsoft espera tornar realidade o mantra dos fãs da marca que esperam pelo "dispositivo móvel definitivo" há algum tempo. Este projeto têm sido nomeado como Andromeda dentro da empresa.

O Andromeda tem como ponto de partida um antigo protótipo da Microsoft, o Courier, que era uma espécie de caderno de notas digital, e que foi cancelado pela fabricante. Segundo as fontes do vazamento, o aparelho seria compacto o suficiente para ser utilizado como um telefone, e inclusive ele receberá capacidades para isso, muito possivelmente a partir do trabalho em conjunto que a Qualccomm vem fazendo com a Microsoft para a utlização de chips ARM no Windows 10. Apesar dessas possibilidades, a empresa americana não o classificaria como um smartphone mas sim como um produto de uma nova categoria.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Toda a usabilidade do dispositivo seria voltada para a escrita com a caneta, inclusive com aplicativos nativos que imitariam páginas de papel e estariam interligados com o OneNote, e ainda assim, uma vez que ele rode o Windows 10 para computadores, manteria as características do sistema como o menu Iniciar e os aplicativos que rodam em qualquer desktop comum como o Edge e Fotos, por exemplo. 

A Microsoft não espera atingir, com este lançamento, o mercado de smartphones ou disputar espaço com iPhone ou Galaxy. A empresa estaria empenhada em criar e atender a uma nova demanda de pessoas que necessitem de um dispositivo como esse. Apesar dos rumores serem inéditos, não causam surpresa uma vez que a Microsoft vem patenteando sistemas para dispositivos dobráveis já há algum tempo. E todo esse projeto estaria ancorado na evolução do Windows 10 para que ele possa rodar adaptado a qualquer tipo de tela, seja em um desktop, no mobile, ou até mesmo em ambientes de realidade virtual, e que vem sendo chamado internamente como Windows Core OS.

O dispositivo é esperado para o ano que vem, mas ainda não existe estimativa de preços.

Fonte: Windows Central

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.